VIROU MODA – INVASÃO DE TERRAS NO SUL DO AMAZONAS

É cada dia maior o número de pessoas que se deslocam para a região sul do Amazonas em busca de sua “Terra prometida” por aqueles que estão no local, desmatando e loteando terras livremente e sem controle agrário. Quem viaja de Humaitá a Porto Velho já observa nas imediações do km 155 do lado direito de quem vai em sentido a capital de Rondônia, um pequeno movimento de “Sem terras” ja assentados em meio a mata fechada que aos poucos vai ficando aberta com a chegada de mais e mais pessoas no local.reg-norte-mapa

Policiais militares do Amazonas alertam também que um movimento muito grande de pessoas do estado de Rondônia está ocasionando invasão e grilagem terras no município de Canutama que também tem acesso pela BR 319. Segundo informações colhidas no local os “invasores” criaram uma Associação fajuta para maquiar o real interesse e a finalidade desse propósito. Policiais alertam que estão em numero reduzidos e impedidos de atuarem no combate a esta invasão, pois, os líderes deste movimento agem com auxilio de advogados coordenando a ação de seus associados. Militares que estão na região afirmam que não podem agir contra o movimento por terem sido denunciados no ministério público o que impede o militar de seguir seguindo seu trabalho contra os acusados.

A Vila Fernando Henrique Cardoso, mais conhecida como “Vila Preguiça” ja esta cheia de grileiros na região, que sem uma fiscalização adequada aos poucos vai ficando desmatada e invadida por grileiros oportunistas protegidos por esta suposta associação local. O comando da Policia Militar do Amazonas ja esta ciente do assunto e deve chegar ao local muito em breve em companhia do IBAMA E DO IPAAM para verificar a situação que esta crescendo bastante ocasionando medo e perigo nos moradores  locais da região. As ocorrências de violência e porte de armas de fogo é cada dia maior e causa preocupação aos policiais que atuam na região com efetivo reduzido.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here