Vacinas contra Covid-19 para crianças de 5 a 11 anos chegam aos municípios neste fim de semana, destaca Wilson Lima

Amazonas recebeu do Ministério da Saúde (MS) o primeiro lote, com 34.500 doses do imunizante Pfizer destinado a esse grupo

O governador Wilson Lima declarou, nesta sexta-feira (14/01), que as vacinas contra a Covid-19 para crianças de 5 a 11 anos começam a ser entregues aos municípios ainda neste fim de semana. No fim da manhã, o Amazonas recebeu a primeira remessa com 34.500 doses da vacina Pfizer. Os imunizantes trazem rótulo de cor laranja e foram enviados pelo Ministério da Saúde (MS), por meio do Programa Nacional de Imunização (PNI).

“A gente recebe com muita felicidade, com muito otimismo, porque a partir de agora a gente começa a imunizar esse grupo de 5 a 11 anos de idade. Essas doses já estão na Fundação de Vigilância em Saúde e no procedimento para descongelar essas vacinas, e neste fim de semana vamos entregar para as prefeituras”, destacou Wilson Lima.

A remessa desembarcou, por volta das 11h05, no Aeroporto Internacional Eduardo Gomes e foi conduzida até a Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas – Drª Rosemary Costa Pinto (FVS-RCP), onde as doses passaram por contabilização e foram armazenadas.

O secretário de Saúde, médico Anoar Samad, explicou sobre a dinâmica de armazenamento e distribuição das doses para as secretarias municipais de saúde de todo o Amazonas.

“O governador Wilson Lima já nos pediu e eu determinei para a FVS que fizesse todos os parâmetros o mais rápido possível, dentro das normas técnicas, para que na segunda-feira todas as prefeituras, ou pelo menos a maioria delas, dado que sabemos a dificuldades do estado em logística, mas que pelo menos a maioria delas já possa estar disponibilizando a vacina na segunda-feira, dia 17”, explicou o secretário de Saúde.

Aplicação – A vacinação contra Covid-19 para crianças de 5 a 11 anos será escalonada por grupos prioritários definidos pelo Programa Nacional de Imunização do Ministério da Saúde (PNI/MS). O escalonamento para a vacinação contempla, inicialmente, crianças com deficiência permanente ou com comorbidades.

O cronograma segue com indígenas e quilombolas; crianças que vivem em lar com pessoas com risco para evolução grave de Covid-19. Após esses públicos, a vacinação vai estar disponível para as crianças sem comorbidades na seguinte ordem: crianças entre 10 e 11 anos; entre 8 e 9 anos; 6 e 7 anos; e com 5 anos de idade.

Não há exigência de apresentar prescrição médica para a vacinação no estado, mas os pais ou responsáveis pela criança devem estar presentes manifestando concordância com a imunização. O intervalo entre a primeira e segunda dose será de oito semanas.

As orientações do PNI/MS também destacam que a vacina contra Covid-19 deve ser administrada com intervalo de 15 dias da aplicação de outras vacinas do calendário infantil.

FOTOS: Herick Pereira/Secom e Arthur Castro/Secom

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.