Noticias Do Sul Do Amazonas

TUMULTOS, GRITARIA E PRINCÍPIO DE BADERNA, FINALIZARAM O DEBATE EM HUMAITÁ

O que era pra ser uma oportunidade aos candidatos que disputam ao cargo de prefeito em Humaitá não chegou ao seu final, o “DEBATE” que poderia ter sido um fator de escolha para os eleitores, foi na verdade um vexame e por desorganização, teve que ser encerrado sem que dois candidatos pudessem apresentar seus planos de governo no auditório da UFAM que fica situado na Rua Circular Municipal, enfrente ao Posto de Combustíveis  Mangaba.

Um debate quando bem organizado restringe o acesso público sem privilegiar “amigos, correligionários e equipe de trabalho de todos os candidatos.” Geralmente não se permite a presença destas pessoas e não se tem a visão pública dos candidatos no local do debate, para evitar justamente o que ocorreu, onde pelo menos umas 50 pessoas tentaram entrar na “marra” no auditório onde estava sendo realizado o debate.

O local onde é realizado o debate deve ter reforço policial para restringir fatos semelhantes ao que ocorreu. Lamentamos profundamente o ocorrido e deixamos claro que, as críticas aqui descritas não são de interesse políticos e muito menos desrespeitosos. Parabenizo publicamente os organizadores, por terem encerrado o debate, mediante dos fatos ocorridos evitando assim a possibilidade de uma baderna descontrolada no local. Erros e falhas podem ocorrer, mas devem ser evitadas. Que este fato sirva de exemplo a ser restrito em um próximo debate.

NOTA

 

“Que os colegas dos meios de comunicação, respeitem a todos com igualdade, afinal não somos inimigos pessoais, todos os profissionais de comunicação de nossa cidade devem entender que por trás de cada empresa jornalística existem milhares de pessoas sedentas por informações e que cada um dos senhores devem sentir-se representantes de cada leitor ou seguidor de seus trabalhos!”

 

CHAGUINHA DE HUMAITÁ

_d707034 _d707041 _d707045 _d707047

 

 

 

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.