SES-AM promove treinamento de profilaxia para bebês sob risco de infecção por HIV


Em parceria com a Sociedade Amazonense de Pediatria, o curso é realizado nesta quinta-feira (19/08)

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM), por meio da Coordenação Estadual de Infecções Sexualmente Transmissíveis e Aids (IST/Aids) e Hepatites Virais, em parceria com a Sociedade Amazonense de Pediatria, promove, nesta quinta-feira (19/08), o treinamento de profilaxia para bebês sob risco de infecção por HIV. O curso tem como objetivo implementar o novo protocolo para redução de riscos de infecção por em recém-nascidos.

O curso será direcionado aos profissionais que atuam nas maternidades do estado em contato direto com os recém-nascidos, tais como enfermeiros, médicos neonatologistas e outros. O protocolo, que será implementado, reduz para cerca de 1% o risco de infecção de recém-nascidos.

A coordenadora estadual de IST/Aids, Vanessa Homobono, frisou a relevância da realização do treinamento. “Esse evento é importante para a qualificação dos profissionais que atuam junto às crianças expostas, para que possam utilizar da melhor forma possível o novo protocolo clínico de manejo, já que ocorreram diversas alterações. São critérios e situações específicas a que o profissional deve atentar na hora de iniciar o tratamento”, disse a coordenadora.

Loading...

A médica pediatra infectologista da Fundação de Medicina Tropical Dr. Heitor Vieira Dourado (FMT-HVD), Solange Dourado, que ministrou o curso, explicou sobre os momentos de maior importância do tratamento para os bebês e a necessidade de o protocolo ser utilizado da melhor forma pelos profissionais de saúde no primeiro contato com o recém-nascido.

“O risco de transmissão do vírus HIV, da mãe para o bebê, ocorre na gestação, mas o momento mais importante e de maior risco é durante o parto, daí a importância de se agir nesse momento. Quando o bebê nasce é preciso que ele tome imediatamente as medicações caso ele esteja sob alto risco, por exemplo, aquelas mulheres que não tiveram a oportunidade de ter o diagnóstico de HIV durante a gestação e somente descobriram na hora do parto”, esclareceu a médica.

FOTOS: Thiago Freire/FMT-HVD


DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here