Sepror e Sebrae. Parceria, Certificação e Progresso

Sepror e Sebrae. Parceria, Certificação e Progresso

Um dos maiores entraves para a ampliação de vendas dos produtos amazonenses é a falta das certificações, que atestam origem e qualidade de produção. Isso agrega valor aos produtos e indica a procedência dos mesmos. É com essa proposta que o Sebrae Amazonas busca a parceria da Sepror – Secretaria Estadual de Produção, para atuar em diversos municípios do interior, ofertando conhecimento e treinamento aos produtores, em sua maioria da agricultura familiar. “É de grande valor o projeto do Sebrae, levando outros conhecimentos e treinamentos aos produtores. O Setor primário como um todo vai ganhar com isso e consequentemente o Amazonas”, afirmou o Secretário da Sepror Dedei Lobo.

Guaraná e Castanha do Brasil tem grande mercado no exterior, mas precisam de certificação.
O trabalho no interior do estado faz parte do “ AGRONEGOCIOS SEBRAE 2017”, programa que foca na comercialização de produtos regionais, enquanto que o sistema SEPROR foca na produção.

Ao todo 22 munícipios deverão ser atendidos esse ano e mais de 40 em 2018. A expectativa é que 3.020 empreendimentos da agricultura , de 66 comunidades rurais, aproximadamente 18 mil pessoas, devam receber treinamento e capacitação. “É uma nova visão de assistência técnica, atende as determinações do Governador David Almeida, de um atendimento especializado ao homem do campo”, diz Lobo.

Na sede da Sepror o secretário Dedei Lobo e os representantes do Sebrae, assinaram uma declaração de “colaboração mutua”, para que a secretaria Estadual e o Serviço Nacional, ajudem-se , cada uma com sua estrutura, o que facilita o a execução do projeto e evita custos mais elevados. O produto em destaque é o guará produzido no município de maués, que deverá receber a CERTIFICAÇÂO IG(Indicação Geográfica), atendendo a exigências internacionais e ganhando novos mercados. “ É realmente de grande importância esse projeto do Sebrae em parceria com o Governo do Amazonas, por meio da SEPROR. Conhecimento é a base de tudo”, finalizou Dedei.

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.