Sejel recupera gramado do estádio Carlos Zamith

 

Com menos de 45 dias à frente da Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel), a nova gestão tem realizado grandes feitos neste curto espaço de tempo. Uma das realizações mais importantes foi a recuperação do gramado do estádio Carlos Zamith, localizado no bairro Coroado, zona leste de Manaus, local de treinamento de grandes seleções na Copa de 2014, mas que sofreu com inúmeros furtos e descaso administrativo nos últimos anos. Atualmente, após um trabalho de revitalização, a praça esportiva já está liberada para as competições de 2019.

De acordo com o secretário da Sejel, Caio André de Oliveira, a paralisação de todas as atividades do “Zamitão” foi necessária para que o calendário anual de atividades seja permanente. “As manutenções não foram feitas no tempo correto e acabaram acumulando problemas. Mas conseguimos solução para 90% dos problemas, e a população já pode frequentar o estádio novamente”, afirmou Caio.

Entre os trabalhos de recuperação o mais delicado foi a retirada do colchão, que é uma autoproteção da grama, uma espécie de tapete que protege a umidade da vegetação e dá abrigo a um pequeno ecossistema no solo. A grama em recuperação também passou por um corte nível um, para o renascimento de folhas mais fortes. O chão foi descompactado para melhorar a oxigenação do solo e deixá-lo mais macio. Em seguida, foram aplicados fertilizantes com irrigação e, por fim, podas helicoidais.

O estádio Carlos Zamith, que tem capacidade para receber cerca de cinco mil pessoas, continua com os trabalhos de recuperação dos vestiários, banheiros, portas, iluminação, entre outros.

FOTO: MAURO NETO/SEJEL

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here