Seis candidatos a prefeito no Amazonas já estão fora da eleição

Dos 255 nomes que registraram candidatura para concorrer nos 62 municípios do Amazonas, seis deles (2,3%) não receberam autorização do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para participar das eleições deste ano.

Até às 16h30 deste sábado, dia 3, os nomes indeferidos são:

Gel Beltrão (PTB) – Barreirinha

Roque Longo (DEM) – Apuí

Salvador Lima (PDT) – Boca do Acre

Eder Barros (PR) – Caapiranga

Bruno Ramalho (PMDB) – Carauari

Romeiro Mendonça (PDT) – Presidente Figueiredo

Dessa lista, Bruno Ramalho e Romeiro Mendonça são considerados como “fichas-sujas” no Tribunal de Contas da União (TCU), por irregularidades em prestações de contas do período em que foram prefeitos de Carauari e Presidente Figueiredo, respectivamente.

Wilton Pereira dos Santos (PSDB), nome que no TCU aparece por três vezes entre os “fichas-sujas”, está entre os que estão com registro deferido “com recurso” para as eleições em Novo Airão.

Outros nomes conhecidos da política no interior do Amazonas, principalmente pela reprovação nos tribunais de contas regional e da União, tentam voltar ao poder e aguardam julgamento de seus registros. Entre eles estão:

– Anderson Souza (Pros) – ex-prefeito de Rio Preto da Eva;

– Abraham Lincoln (PSD) – atual prefeito de Codajás;

– Adenilson Reis (PMDB) – ex-prefeito de Nova Olinda do Norte;

– Gean Barros (PMDB) – atua prefeito de Lábrea;

– Eliete Beleza (PSD) – ex-prefeita de Santa Isabel do Rio Negro.

 

Foto: Reprodução/site TSE

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here