Home / Capa / RIO MADEIRA SECO PODE PARALISAR TRANSPORTE DE CARGAS

RIO MADEIRA SECO PODE PARALISAR TRANSPORTE DE CARGAS

É cada dia maior a seca do Rio Madeira, a cidade da região norte pode ficar sem transporte de cargas por nossa hidrovia, por onde passa pelo menos 70% da carga de alimentos e produtos em nosso estado.  A seca deste ano é muito maior do que se previa inicialmente, com o leito do Rio Madeira chegando abaixo de 1m e 20cm o transporte de cargas e passageiros devem paralisar a qualquer momento caso, as águas continuem descendo ainda mais.

O perigo ao longo do rio é eminente e as balsas de cargas já estão transportando com 50% de cargas para que consigam chegar ao seu destino final. As grandes embarcações já estão preferindo navegar somente durante o dia, pois, a visão é melhor em busca do melhor local para cruzar as praias e seguir viagem adiante.

A balsa de travessia do Rio Madeira que liga Humaitá ao outro lado do rio até a rodovia Transamazonica, esta funcionando com restrição. A fila de caminhões a carretas que esperam uma oportunidade de cruzar o Rio Madeira é muito grande, tem caminhoneiros que já estão há pelo menos três dias a espera de fazer o cruzamento. O prefeito do município Dedei Lobo (PMDB) já comunicou a Defesa Civil do estado que já incluiu Humaitá no estado de alerta, técnicos da Defesa Civil devem chegar ao município até amanhã.

A situação é bem mais grave do que se imaginara, com a paralisação do transporte multimodal a falta de combustíveis, alimentos, e medicamentos devem aumentar nas cidades que dependem desse tipo de transporte. No final da tarde deste sábado em Porto Velho um deslizamento de terra as margens do Rio Madeira engoliu pelo menos umas 9 carretas repentinamente, ocasionando uma tragédia comercial. Nossa equipe de reportagem esta em alerta, para levar até você as informações precisa do que esta acontecendo._D706220TRAGEDIA-EM-PORTO-VELHO_D706113

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *