RESIDENCIAL RIO MADEIRA TEM DEZENAS DE CASAS INVADIDAS EM HUMAITÁ

O Residencial Rio Madeira, o maior conjunto habitacional de Humaitá, onde temos 500 casas populares, amanheceu nesta segunda-feira (07), um dia após as eleições suplementares ao governo do estado, com pelo menos 50 casas invadidas por famílias que aguardavam há pelo menos 10 meses, a entrega das chaves das casas fechadas, que por burocracia da Caixa Econômica Federal continuavam fechadas e abandonadas pelo menos 70 unidades, até a noite deste domingo (06).

A polícia foi deslocada ao local para a retirada dos invasores que, insistem em permanecer nas casas que legalmente seriam suas, mas que por falta de vontade e documentos em tempo hábil, tem ocasionado está demora interminável, que deixa pelo menos 70 famílias, a ver “navios” sem que nada seja resolvido pela administração local.

Com a chegada do período eleitoral, para eleição suplementar ao governo do estado, os moradores que não conseguiram se legalizar para ocupar as residências vazias, aproveitaram a oportunidade eleitoral para que os “salvadores da pátria” possam em campar suas angústias por uma espera interminável que promete passar para 2018 tamanha a falta de vontade em relação a questão.

Nossa equipe de reportagem estará acompanhando tudo bem de perto para que a entrega das casas fechadas possa acontecer o mais breve possível, mais informações a qualquer momento após atualizações sobre a questão aqui divulgada.

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.