Home / Amazonas / Protesto – Aumento nas tarifas de energia, mobiliza população nas ruas de Manicoré

Protesto – Aumento nas tarifas de energia, mobiliza população nas ruas de Manicoré

A saída de Eduardo Braga (PMDB) do Ministério de Minas e Energia pode ter sido mais uma manobra política desastrada do senador, que em vídeo e nota expedido a imprensa nacional para justificar sua saída da pasta, afirma ter desempenhado um “ótimo” trabalho para o país e principalmente para o Amazonas, será?

Na manhã de hoje, no município de Manicoré, centenas de usuários da Eletrobrás Amazonas Energia foram as ruas protestar contra os aumentos abusivos nas tarifas de energia elétrica no município que não é diferente de outros como Humaitá, Lábrea, Tefé, Itacoatiara, Parintins etc. O que o senador diz ser uma conquista para sua gestão na verdade é foi um inferno aos usuários do sistema elétrico do interior do estado que não gozam mais de uma tarifa de energia mais barata por estarmos utilizando usinas termoelétricas que tem suas despesas de combustíveis subsidiadas pelo governo federal que por causa disso, os usuários também teriam uma tarifa a ser cobrada muito menor a que estamos recebendo em nossas casas. A integração dos municípios do interior do estado ao Sistema Nacional de Abastecimento transformou as contas de energia dos amazonenses em um grande vilão que onera cada dia mais o custo de vida do povo interiorano.

ener

As manifestações estão apenas iniciando no interior o que certamente outras cidades também irão aderir ao movimento que pede a redução nas tarifas cobradas nas contas mensais dos usuários deixadas como uma herança maldita pelo ex-ministro Eduardo Braga.

Em Humaitá, por exemplo, temos pelo menos 90% da rede de IMG_0348iluminação pública totalmente em LED o que esta gerando uma economia para o concessionário Eletrobrás Amazonas Energia uma economia em seu consumo de pelo menos 30% de sua atual demanda, mas esta mesma iluminação em LED não trouxe desconto algum aos usuários do município que reclamam da tarifa de iluminação pública que em vez de baixar, fez foi aumentar em cerca de 30% então como explicar esta conta aos nossos consumidores?

Eduardo Braga ao sair do Ministério de Minas Energia pode ter ganho uma maldição mensal a seu futuro político, porque o povo não vai lembrar dele como o cara que trouxe motores novos e sim como o cara que aumentou a energia do povo, que todos os meses irão lembrar do senado com muito carinho…

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *