PRF encerra Operação Temática de Fiscalização de Peso e Dimensões – OTEPED

Durante a operação, a PRF fiscalizou 474 veículos de carga e flagrou mais de 570 toneladas de excesso de peso

Polícia Rodoviária Federal (PRF) realizou, entre os dias 22 de novembro e 02 de dezembro, a Operação Temática de Fiscalização de Peso e Dimensões – OTEPED. Em sua 22ª edição, os trabalhos foram desenvolvidos em Humaitá/AM e Porto Velho/RO, iniciando-se com uma atividade de nivelamento, seguida da efetivação das fiscalizações direcionadas à segurança do transporte de cargas.

Durante a operação, a PRF fiscalizou mais de 1.300 veículos, sendo 474 deles de transporte de carga, e flagrou mais de 570 toneladas de excesso de peso. A proposta da OTEPED é gerar mais segurança e informação aos usuários das rodovias e garantir o fluxo econômico no país por meio do transporte dessas cargas. Além disso, é alertar sobre os perigos do excesso de peso que gera danos mecânicos no veículo, prejudica a conservação da via, diminui a velocidade do caminhão e o tempo de resposta, facilita o tombamento da carga e do veículo e, o mais grave, torna maior o risco de acidentes fatais.

Loading...

Com as Operações Temáticas, a PRF tem a oportunidade de realizar a capacitação dos policiais no tema abordado, promover a padronização dos procedimentos e qualificação de todo o efetivo. No caso da OTEPED, a capacitação do efetivo nas regionais do Amazonas e Rondônia vai possibilitar o aumento das fiscalizações de excesso de peso em pontos críticos como o entroncamento da BR-230 com a BR-319, principalmente no período que antecede o inverno Amazônico. Quando é mais que necessário garantir a trafegabilidade de veículos na rodovia.

A ação buscou ainda garantir o cumprimento da Portaria n° 5.794/DNIT/SRE-AM, que foi publicada no dia 13 de outubro deste ano, com a proibição do tráfego de veículos de passageiros e de combinação de veículos de cargas com a capacidade de Peso Bruto Total Combinado (PBTC) acima de 23 toneladas.

A limitação no PBTC é uma forma de assegurar e manter um tráfego seguro, principalmente em relação ao transporte de passageiros e de cargas para as comunidades e cidades lindeiras da BR-319/AM/RO, no trecho compreendido entre o Fim da Travessia do Rio Amazonas, Careiro da Várzea, no KM 13, e o entroncamento com a BR-230/AM, em Humaitá.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here