Polícia Civil prende homem que se passou por construtor para aplicar golpe causando prejuízo de R$ 80 mil

Polícia Civil prende homem que se passou por construtor para aplicar golpe causando prejuízo de R$ 80 milA Polícia Civil do Amazonas, representada pelo delegado Guilherme Torres, titular da Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (Derfd), apresentou na manhã desta terça-feira (30/4), durante coletiva de imprensa, Tiago da Silva Cortez, 28, preso em cumprimento do mandado de prisão preventiva por estelionato.

Guilherme Torres informou que o crime aconteceu no dia 22 de outubro de 2018, quando Tiago se passou por construtor e “vendeu” um terreno e a construção de uma casa para a vítima pelo valor de R$ 80 mil. Segundo o delegado, após receber o valor repassado pela vítima, Tiago desapareceu, não atendeu ligações e bloqueou a vítima em um aplicativo de mensagens instantâneas.

“Durante consulta ao Sistema Integrado de Segurança Pública do Amazonas (Sisp-AM), constatamos que Thiago já tem em nome dele 39 Boletins de Ocorrências (BOs). No ano de 2016, o infrator foi preso pela equipe do 20° DIP após se passar por cerimonialista anunciando serviços de casamentos, aniversários, aplicando golpes que totalizaram cerca de R$ 400 mil”, informou Torres.

Prisão – Tiago foi preso pelas equipes da especializada na tarde de segunda-feira (29/04), por volta das 15h, em via pública na rua Sátiro Dias, bairro São Francisco, zona sul da capital. Com o infrator foi apreendida a quantia de R$ 1,5 mil, cheques sem fundo e uma máquina de cartões de crédito e débito. A ordem judicial em nome dele foi expedida no dia 29 de janeiro deste ano, pela juíza Margareth Rose Cruz Hoagen, da 7ª Vara Criminal.

“Tiago utilizava documentos falsos para enganar as vítimas. Nos cheques apreendidos constam a assinatura do pai dele, que o acobertava nas práticas ilícitas. O pai de Tiago será notificado para prestar esclarecimentos na especializada, e as investigações em torno do caso irão prosseguir. Ao todo, os golpes aplicados por Tiago totalizam cerca de R$ 1 milhão. O infrator estava respondendo em liberdade pelos crimes anteriores e se aproveitou para aplicar novamente outros golpes na cidade”, argumentou.

Indiciamento – Tiago foi indiciado por estelionato. Ao término dos procedimentos cabíveis na especializada, ele será encaminhado ao Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), localizado no quilômetro 8 da rodovia federal BR-174, onde irá ficar à disposição da Justiça.

Para concluir, Guilherme Torres pede as pessoas que tenham sido vítimas de Tiago, que procurem a equipe da especializada para formalizar a ocorrência. A Derfd está situada na rua Sete de Abril, n° 215, segunda etapa do bairro Alvorada, zona centro-oeste da capital.

FOTOS: Alailson Santos / Assessoria de Imprensa da Polícia Civil do Estado do Amazonas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here