Home / Capa / Pistoleiros invadem cracolândia na zona Leste de Manaus

Pistoleiros invadem cracolândia na zona Leste de Manaus

eis pessoas foram baleadas no início da madrugada deste sábado (1°), no bairro Jorge Teixeira, na Zona Leste de Manaus. Uma das vítimas foi atingida com quatro tiros e morreu. Dois homens armados e encapuzados dispararam contra o grupo que estava em uma área conhecida por “Cracolândia do Jorge Teixeira”, onde usuários de entorpecentes consomem drogas. As informações são do G1 Amazonas.

O crime ocorreu em grande terreno baldio localizado na avenida Itaúba e que também tem acesso pela rua Monjui dos Campos. Segundo a Polícia Civil, vários usuários de drogas estavam no terreno e existe uma barraca onde eles ficam acampados para usar substâncias entorpecentes.

Por volta de meia-noite, dois homens em uma motocicleta chegaram ao local. A dupla estava armada e encapuzada.

Testemunhas relataram para polícia que a dupla ordenou para que todos que estavam lá não corressem e, logo depois, começou atirar aleatoriamente. Seis pessoas foram atingidas pelos tiros. O jardineiro Cícero Braz da Silva, de 39 anos, foi baleado com quatro tiros, sendo dois na cabeça, um nas costas e um no pescoço. Ele morreu no local.

Os criminosos fugiram em seguida, sem sere identificados. Três pessoas baleadas foram socorridas pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levadas para Hospital Pronto-Socorro (HPS) Platão Araújo. Outras duas pessoas baleadas foram caminho para hospital que próximo do local do crime. Uma das vítimas baleadas foi atingida no pescoço. Os estados de saúde dos sobreviventes não foram divulgados.

A família do jardineiro assassinado revelou que Cícero Braz sofria de transtornos mentais e fazia tratamento psiquiátrico no Hospital Eduardo Ribeiro. Os familiares não souberam informar detalhes do assassinato.

A Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) tentará identificar os criminosos com análise de imagens registradas por câmeras de estabelecimentos comerciais nas proximidades do terreno baldio.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *