PC-AM deflagra oitava fase de operação de combate a crimes de abuso e exploração sexual contra crianças e adolescentes na internet


A Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), por meio da Delegacia Especializada em Repressão a Crimes Cibernéticos (DERCC), deflagrou, na manhã desta quarta-feira (09/06), por volta das 6h, a oitava fase da operação “Luz na Infância”, em apoio ao Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), e cumpriu três mandados de busca e apreensão por crimes de abuso e exploração sexual praticados na internet contra crianças e adolescentes. A ação policial ocorreu em bairros distintos das zonas sul, centro-sul e leste de Manaus.

 

Durante a operação policial coordenada pelo titular da DERCC, delegado Heron Ferreira, três pessoas foram presas em flagrante, sendo duas pelo crime acima mencionado e um por porte ilegal de munição de arma calibre 556.

 

A operação ocorreu em 17 estados brasileiros. No Amazonas, contou com o apoio das equipes dos 3º, 15º e 23º Distritos Integrados de Polícia (DIPs), sob a coordenação de seus respectivos delegados titulares, Grace Jardim, Déborah Souza, e Edgar Moura. Além do apoio do Grupo Força Especial de Resgate e Assalto (Fera).

 

Durante coletiva de imprensa realizada na sede da Delegacia Geral, na avenida Pedro Teixeira, bairro Dom Pedro, zona centro oeste de Manaus, o delegado-geral adjunto Tarson Yuri, ressaltou o êxito de mais uma operação e parabenizou as equipes policiais envolvidas na ação.

 

“Estamos apresentando mais um trabalho exitoso realizado pela Polícia Civil, que culminou na prisão desses três indivíduos. Ressalto que estamos diariamente trabalhando para manter a nossa população em segurança. O nosso trabalho não para”, enfatizou o delegado-geral adjunto.

 

O delegado Heron Ferreira informou que o MJSP possui um laboratório referente a crimes cibernéticos em Brasília, onde foi monitorado e identificado, no lado oculto da internet, conhecido como “Deep Web”, uma conexão P2P, que várias pessoas no país continham material de cunho pornográfico infantil. No Amazonas, foram identificados três alvos.

“O MJSP confeccionou o relatório técnico e encaminhou para a DERCC, inclusive com a materialidade dos crimes de guardar material pornográfico de crianças e adolescentes, previsto no artigo 241-B do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), que tem pena de um a quatro anos de reclusão”, disse Ferreira.

Loading...

 

A autoridade policial relatou que, em posse do relatório, e dos autores identificados, foi solicitado à Justiça pelos mandados de busca e apreensão, e após eles serem expedidos a ação foi deflagrada nos bairros Crespo, Parque Dez de Novembro e São José Operário, zona sul, centro-sul e leste, respectivamente.

 

Ao longo da operação, dois indivíduos foram localizados em posse dos materiais pornográficos armazenados em cartões de memória e aparelhos celulares. Já com o terceiro, os policiais apreenderam uma munição de arma de fogo calibre 556, o que também culminou com as prisões em flagrante deles.

 

Ainda durante coletiva de imprensa, o delegado Edgar Moura, titular do 23° DIP, contou que um dos indivíduos portava vídeos de pornografia infantil retirados de sites russos. “Ele realizava o download dos vídeos e repassava para um cartão de memória externo para, posteriormente, assistir pela televisão”, informou.

 

Operação ‘Luz na Infância’ – A operação recebeu esse nome por serem considerados nefastos os crimes contra a dignidade sexual de crianças e adolescentes. “Luz na Infância” significa propiciar as crianças e adolescentes, vítimas de abuso e violência sexual, o resgate da dignidade, bem como, tirar da escuridão os autores desses delitos, para que sejam presos e julgados à luz da Justiça.

 

Procedimentos – Dois indivíduos foram autuados pelos crimes de abuso e exploração sexual praticados na internet contra crianças e adolescentes, e o outro por porte ilegal de munição de arma de fogo.  Ao término dos procedimentos cabíveis, eles serão encaminhados para a Central de Recebimento e Triagem (CRT), onde permanecerão à disposição da Justiça.

FOTOS: Erlon Rodrigues/PC-AM

 

SONORAS: Delegado Heron Ferreira, titular da DERCC; e delegado Edgar Moura, titular do 23° DIP

 


DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here