O Rubro-Negro tenta resolver algumas situações necessárias nesse segundo semestre e o comandante flamenguista participa diretamente do planejamento


O Flamengo tem um grande elenco e a torcida ficou ainda mais empolgada com a chegada dos reforços. Ainda falta a cereja do bolo, que pode ser David Luiz: o defensor está livre no mercado desde a saída do Arsenal e seus representantes avaliam propostas antes de bater o martelo sobre o futuro do jogador.

Os dirigentes flamenguistas também precisam resolver outras questões relacionadas ao futebol do clube. Surpreendentemente, a diretoria recebeu a notícia de que o meio-campista Hugo Moura deve sair do Lugano, da Suíça. O treinador brasileiro, Abel Braga, já foi demitido na última quarta-feira (01) e as coisas no clube europeu estão mudando drasticamente.

Loading...

O Lugano passa por uma reformulação na parte administrativa e principalmente na pasta de futebol. Com isso, mesmo sem ter ao menos jogado uma partida, Hugo Moura está fora dos planos da equipe. Agora, os europeus tentam encontrar a melhor forma de devolver o jogador para o Flamengo.
O vice-presidente de futebol flamenguista, Marcos Braz, já foi informado sobre o assunto e aguarda um comunicado oficial por parte do clube suíço. No entanto, já é praticamente certo que o garoto do Ninho do Urubu não terá chances no Mais Querido. Para a posição, já há muitos atletas e o jogador seria o último ‘da fila’ de opções. Assim, a tendência é que o atleta seja negociado com outro clube.


DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here