Nomeações que não passaram pelo crivo do governador estão todas suspensas

Em ofício circular nº 007/2017 – GE, datado do dia 20 deste mês, o então governador em Exercício, Bosco Saraiva, comunicou a toda a equipe de primeiro e segundo escalão do governo que as nomeações para cargos comissionados dos órgãos e entidades do Poder Executivo estavam suspensas.

Por coincidência ou não, o comunicado veio justamente após que Bosco Saraiva nomeou 115 pessoas para atuarem na secretaria de Segurança que acumula com o cargo de vice-governador.

Nos bastidores da política comenta-se que a ordem partiu do próprio governador Amazonino, irritado e insatisfeito com o volume de nomeações sem que as mesmas passassem pelo crivo do mesmo.

Para justificar a intempestiva decisão, que manifestou aos secretários de governo, Bosco Saraiva ressaltou que a medida foi adotada “de par com a necessidade de planejamento para o ano vindouro.

Bosco Saraiva não convenceu – dizem os mais íntimos do poder -, mas nomeação mesmo só após ulterior deliberação.

Os pedidos de nomeação que já tramitavam na Casa Civil foram todas desconsideradas.

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.