Ministros chegam a Manaus para discutir medidas de combate às queimadas

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Sales; o da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, e o da Defesa, general Fernando Azevedo e Silva, chegaram a Manaus na tarde desta segunda-feira (2), para uma reunião com governadores dos estados da Amazônia Ocidental, para discutir medidas de combate às queimadas.

A reunião será realizada nesta terça-feira (3), às 10h, na sede do Governo do Amazonas, bairro Compensa II, Zona Oeste da capital. Além dos ministros, integram a comitiva interministerial o secretário geral da Presidência, Jorge Antônio de Oliveira; o presidente do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Eduardo Fortunato Bim; o presidente da Fundação Nacional do Índio (Funai), Marcelo Augusto Xavier da Silva; e o presidente do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), general do Exército, João Carlos de Jesus Correia.

Também integram o grupo o governador do Amazonas, Wilson Lima; os governadores do Acre, Gladson Cameli; de Roraima, Antônio Denarium; e de Rondônia, Marcos Rocha.

Nessa reunião nós vamos tratar sobre as ações que já estão sendo tomadas no estado do Amazonas e nos outros estados, para combater o desmatamento e também as queimadas. Agora, mais importante que tudo isso é começar a pensar no futuro, porque ano que vem nós vamos ter uma situação muito parecida se nada, nenhuma ação efetiva for tomada”, disse Wilson Lima.

 

O governador reafirmou que também é preciso avançar nas discussões sobre desenvolvimento sustentável. “Nós precisamos avançar em algumas questões que há muito tempo não tiveram os encaminhamentos necessários, como regularização fundiária, zoneamento ecológico-econômico, estrutura mínima de produção e desenvolvimento sustentável para algumas regiões, o fomento para algumas cadeias, para que efetivamente a gente possa dar condições de sobrevivência para o cidadão que mora aqui”, frisou.

Amazônia Oriental

A comitiva federal veio de Belém (PA), onde hoje reuniu com os governadores da Amazônia Oriental: Pará, Amapá, Mato Grosso, Tocantins e Maranhão. Eles discutiram o fortalecimento do monitoramento, fiscalização, regularização fundiária, Fundo Amazônia e desenvolvimento do Sustentável na capital paraense.

Fonte: Acritica.com

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here