Manaus FC empata em 2×2 com Brusque e decide final em casa no domingo

Na final, qualquer placar favorável dará o título aos amazonenses. Novo empate leva o duelo para as penalidades.

Manaus – Manaus sofreu um grande susto jogando no estádio Augusto Bauer, após sofrer 2 gols e empatar em 2×2 com o time do Brusque (SC), em duelo válido pela final do Campeonato Brasileiro da Série D.

Com o resultado, a equipe do Brusque encerra sua participação na Série D sem derrotas jogando em casa, somando os duelos da primeira fase e da eliminatória.

Primeiro tempo

O Manaus Futebol Clube entrou marcando forte na partida, dificultando o clube do Brusque de se impor em casa, porém sem conseguir levar muito perigo ao time da casa.

Com o apoio da torcida, o Brusque se jogou para cima do Manaus, com o amazonenses se defendendo do jeito que podiam para segurar o empate.

Com a boa marcação ao longo do primeiro tempo, o Manaus minou todos os ataques do Brusque, com o primeiro tempo se encerrando em 0x0, sem os times levarem muito perigo.

Com o resultado, a equipe do Brusque encerra sua participação na Série D
Com o resultado, a equipe do Brusque encerra sua participação na Série D | Foto: Divulgação

Segundo tempo

Por jogar em casa, o Brusque iniciou o segundo tempo tomando as rédeas da partida, com a pressão feita pelo clube logo tendo resultado.

Aos 3 minutos, Pirambu, artilheiro da Série D, abriu o placar para o Brusque, se isolando na artilharia da Série D.

Romarinho mandou uma bomba, Jonathan deu rebote e a bola sobrou para o artilheiro abrir 1×0.

A pressão seguiu dando resultado. Aos 9 minutos, os sulistas fizeram 2×0. Após erro defensivo de Igor, Zé Matheus chutou de longe e surpreendeu Jonathan, que ainda chegou a tocar na bola.

Após o susto, o Manaus voltou para a partida.

Aos 17, Spice iniciou a jogada com Derlan e Rossini aproveitou o cruzamento para diminuir a diferença no placar.

Com o apito do juiz e o empate no placar, o Manaus FC decide em casa no domingo (18, na Arena da Amazônia, as 15 horas, onde qualquer placar favorável dará o título aos amazonenses.
Com o apito do juiz e o empate no placar, o Manaus FC decide em casa no domingo (18, na Arena da Amazônia, as 15 horas, onde qualquer placar favorável dará o título aos amazonenses. | Foto: Divulgação

O Manaus seguiu em cima na partida, tentando obter o empate que o colocaria em posição favorável para o duelo de volta.

Aos 30, jogadores se estranharam em campo. Como resultado, o camisa 10 dos catarinenses, Romarinho, foi expulso, complicando o Brusque para os minutos finais.

Aos 36 minutos, Rossini novamente salvou o Manaus, em jogada iniciada por Igor, que cruzou na cabeça do camisa 10, empatando o duelo.

Com um a mais, o Manaus foi só ataque até o final da partida, com os sulistas se defendendo como podiam para segurar o resultado favorável à eles.

Com o apito do juiz e o empate no placar, o Manaus FC decide em casa no domingo (18, na Arena da Amazônia, as 15 horas, onde qualquer placar favorável dará o título aos amazonenses. Novo empate leva o duelo para as penalidades.

Fonte Emtempo

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here