MANAUS DERROTA REAL ARIQUEMES QUE PRECISA VENCER JOGO DE VOLTA

Na luta pelo acesso à série C, a equipe do Manaus FC venceu por 2 a 1 o Real Ariquemes-RO na noite deste domingo (16), no estádio Valerião, localizado no estado de Rondônia. Os gols da primeira partida da segunda fase da série D 2019 foram marcados pelo artilheiro do Gavião do Norte, na competição com quatro tentos, Mateus Oliveira, e o capitão do time Derlan. Emerson Bacas anotou para o Real Ariquemes.

Com o resultado do confronto, o Gavião do Norte além de ter a vantagem do empate no jogo da volta, também chega a marca de 20 jogos sem perder. O segundo confronto será no próximo domingo (23), na Arena da Amazônia, em Manaus.

O jogo

Nos primeiros minutos o Real Ariquemes pressionou o Manaus, mas a equipe amazonense conseguiu segurar o poderio ofensivo do adversário. E apesar das várias chances reais de gol do time rondoniense, o Gavião do Norte foi mais efetivo ao chegar ao ataque. Aos 27 minutos, o atacante Mateus Oliveira abriu o placar pro time esmeraldino. Na jogada Panda arriscou chute de longe, mas a bola saiu mascada e por sorte sobrou no pé de Mateus que girou e bateu no canto do goleiro Rodrigo.

Mesmo após sofrer o gol, o Ariquemes manteve o ritmo, e seguiu buscando espaço no setor defensivo do Manaus. O panorama da partida começou a mudar depois da pausa pra hidratação aos 28 minutos. Com falta de organização, o Furacão rodava a bola, mas não encontrava brechas na linha defensiva do Gavião, que se mantinha bem postado dentro de campo.

Aproveitando os lances de bola parada o time da casa alçava a bola dentro da área do goleiro Jonathan, e sem pensar duas vezes os defensores do Manaus afastavam qualquer perigo. Aos 38 minutos em jogada bem trabalhada, o time esmeraldino quase amplia o marcador. Derlan avançou do meio campo, depois tocou para Igor que abriu passe na ponta esquerda para Vandinho, que chutou cruzado, mas o goleiro Rodrigo fez grande defesa.

Na volta do intervalo o Real Ariquemes veio para o jogo mais ofensivo, e no primeiro minuto da partida, Emerson Bacas quase empatou para o Furacão com chute forte que passou por cima da meta do Gavião.

Trabalhando a bola pelo meio de campo, o time rondoniense seguia no ataque, o Manaus mesmo com apenas 7 minutos mantinha toda sua formação recuada, buscando explorar o contra ataque.

Com 10 minutos o panorama do confronto permanecia o mesmo em ataque do Furacão contra a defesa do Gavião. E na insistência, o Real Ariquemes empatou o jogo. Em troca de passes, Índio tocou para Maranhão, que cruzou para Alex e deixou para Emerson Bacas mandar para o fundo do gol da equipe amazonense.

Após marcar o primeiro tento, o Furacão continuou agredindo o Manaus, que só segurava atrás o comboio ofensivo do adversário. E o clima foi esquentando na partida, com expulsão de Emerson Bacas do Ariquemes, e do zagueiro Thiago Spice do Gavião, aos 23 minutos.

Em situação sufocante o Manaus se complicou ainda mais na partida com a expulsão de Panda aos 29 minutos. Com apenas nove jogadores em campo, o time amazonense passou a viver uma verdadeira batalha de vida ou morte.

Mas uma luz surgiu no fim do túnel para o Gavião do Norte, com marcação de pênalti por conta do “trança pernas” do zagueiro Lídio em Rossini. Na cobrança aos 34 minutos, o capitão Derlan colocou o Manaus à frente do placar mais uma vez.

No fim da partida, Dadai aos 45 minutos empatou a partida, mas o juiz anulou o gol por impedimento do jogador, e por reclamação acabou expulsando o atacante Dadai. Ainda com os nervos à flor da pele, a partida foi encerrada, marcada por confusão depois do apito final.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here