Licenciamento Ambiental da BR 319 deve ocorrer julho de 2020

Foto: Facebook

Aconteceu nesta terça-feira (06), uma reunião em Brasília bastante produtiva com o ministro de Estado da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, os governadores e bancadas (senadores/deputados) de Rondônia, Amazonas, Acre e Roraima sobre a recuperação e asfaltamento da BR-319, que promoverá a integração da região norte, facilitando o escoamento de toda produção dos estados, promovendo a economia e, evidentemente, melhorando o tráfego e a qualidade de vida de usuários da via.

Pela primeira vez foi convocada uma reunião dessa dimensão e também, como atestado por todos presentes, uma situação real da criação de um plano de ação. Como dito em campanha, o presidente Jair Bolsonaro confirmou a prioridade que será dada ao projeto. De acordo com o ministro, dessa vez existe, de fato, interesse político em resolver o impasse da BR e pavimentá-la. Ele destacou que até o final do primeiro semestre de 2020, o DNIT realizará o licenciamento ambiental, a coleta de fauna/flora e a apresentação de todo o projeto executivo. Faço minhas as palavras do ministro Tarcísio: “Nós vamos fazer a BR-319 acontecer!”

A notícia que já se espalhou em nosso estado, nos enche de esperança novamente ao mesmo tempo em que nos chama a atenção para o prazo deste ‘novo’ licenciamento ambiental que por enquanto está a cargo do DNIT para julho de 2020 o que nos deixa também com a pulga atrás da orelha, afinal essa “estrada prometida” ja se arrasta com o mesmo discurso há pelo menos 15 anos, fora os 35 anos de seu abandono. Estamos de olho!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here