Humaitá apresenta ao mundo a primeira Escola Municipal Fluvial da Amazônia

Com um projeto piloto na educação brasileira o prefeito Dedei Lobo (PMDB) marca mais um gol de placa em sua gestão municipal, na manhã deste sábado (13) a primeira Escola Fluvial Municipal foi apresentada aos moradores da Comunidade de Tapurú. Com oito salas de aulas climatizada, os estudantes das comunidades vizinhas do Tapurú também poderão usufruir desta unidade escolar, que funcionará com turno e contra turno, ou seja, estamos falando de uma escola de tempo integral com ensinamentos do Jardim de Infância ao 9°ano fundamental, tudo isso com professores específicos em cada matéria, com direito a pedagogo com tempo integral fazendo acompanhamento e avaliação educacional dos estudantes e das matérias aplicadas pelos professores.

Os estudantes entrarão as 8h30 da manhã e sairão as 16h00 com direito a merenda matinal, almoço e merenda no período da tarde. Pela manhã terão aula de reforço e a tarde aula normal. Dedei Lobo disse ainda que, a escola tem sala de informática com dezenas de computadores que serão ligado à Internet para realização de pesquisas ao aprendizado. Todos os alunos terão auxílio de monitoresacompanhando o aprendizado durante a estadia dos estudantes na escola. Dedei disse também que, a escola é toda climatizada com dois grupos geradores de 75kva. Funcionando um durante o dia e outro durante a noite. Bebedouros industrial com água gelada, que consumirão 3 mil litros de água mineral em sua primeira fase. A escola terá ainda telefone via satélite, para comunicação de emergência, além de sala de enfermaria com uma enfermeira durante os dias letivos com sala de atendimento médico.

O prefeito disse que este é um projeto piloto no Brasil, e que a escola terá recurso próprio para sua manutenção com apoio do governo federal e estadual. Pelo menos três barcos tipo lancha rápida transportarão os estudantes diariamente até a escola. A presença dos pais na escola foi o primeiro passo para que os filhos possam vir para sala de aula na nova unidade escolar.

A alegria e satisfação com que os pais dos estudantes demonstrarão neste primeiro encontro é a certeza de que nossos irmãos do interior terão a mesma qualidade física e didática dos alunos da cidade sem mudar seus habit social.

“Meus filhos vão adorar estudar aqui, nos sofremos demais com as cheias do Rio Madeira que acabou com a escola e nossas casas, eu nem acredito que isto seja verdade, parece que ainda estou sonhando…” Disse Raimundo morador do Tapurú.

A ESCOLA MUNICIPAL FLUVIAL OSMARINA MELO DE OLIVEIRA tem seu nome em homenagem a mãe do governador e professor José Melo oliveira. O governador deverá vir para inaugurar está escola que será referência nacional. Dedei Lobo nos últimos meses de sua gestão escreve seu nome ao inovar de forma ousada fazer educação de qualidade onde jamais alguém imaginou, parabéns!

CONHEÇA A ESCOLA AGORA:b1b2_D706137_D706138_D706139_D706148_D706149_D706153_D706155_D706160_D706168

 

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here