“Homem da Cruz” carrega cruz desde São Paulo e lança no Rio Madeira em Porto Velho

Paulo Cícero de Lima, 55 anos, ou “Homem da Cruz”, caminhou com uma cruz de 40 quilos sob as costas, há mais de 1 ano. Nesta quarta-feira (31) chegou em Porto Velho e cumpriu a promessa de larnçar a Cruz no Rio Madeira.

O protesto surgiu após ficar 16 anos preso por um crime que não cometeu. Em 1993, ele foi acusado de ter matado uma jovem de 21 anos no interior de São Paulo a marretadas. A ação teria acontecido em frente a uma criança de 4 anos.

Paulo foi condenado e passou por mais de 14 presídios desde então. “Não fiz aquilo eu estava passando pelo local e a polícia me pegou. Estava com a roupa suja de sangue de uma galinha que tinha matado. Não quiseram me ouvir”, reclama. Por volta das 17h45 desta segunda-feira (14/3) ele caminhava pelo Eixinho Sul, na altura da 210.

O andarilho chegou à capital federal no fim da noite deste domingo (13/3) pela BR 040. “Quero que meu processo seja reaberto. Não vou embora enquanto isso não acontecer. Vou tirar essa mancha na minha vida”, argumenta.
Fonte: Diário7

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.