Greve dos policiais militares é confirmada para dia 15 em Manaus

De acordo com o polícia militar e assessor da Associação dos Praças do Estado do Amazonas (Apeam), Lairton Silva, os praças esperam o deputado Platiny Soares (PV) levar até o governador as pautas debatidas em assembleia. “O deputado estadual Platiny está intermediando esse diálogo e agora estamos esperando uma re6sposta. Para o próximo dia 10 deverá ocorrer outra assembleia da categoria, que será a última antes da greve acontecer, caso não tenhamos uma resposta positiva do governador”.
Após a assembleia geral, o presidente da Apeam, soldado Gerson Feitosa, explicou que a categoria decidiu pela suspensão dopagamento da Gratificação de Trabalho Extra (GTE) e aprovou por unanimidade o auxilio alimentação e o “Código de Ética”. “Eimportante ressaltar que se essas pautas não forem cumpridas, vamos parar no dia 15. Só assim vamos conquistar os benefícios”, explicou.
Feitosa disse ainda, que em nenhum momento a categoria chegou a aceitar a proposta do governador, de esperar até o mês de setembro, para discutir as exigências da categoria. “Em nenhum momento a categoria concordou em esperarGREVE3 até setembro, tendo em vista que a promoção foi escrita pelo Governo do Estado e pela equipe. Vamos buscar com o governo outra solução e se essa solução não vier, buscaremos outro caminho que é a paralisação”. Ao Agora, a Secretaria Estadual de Comunição informou que ainda não tem nenhuma reunião marcada entre a categoria e o governador José Melo.

 

Michelle Freitas

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.