Home / Capa / Grave acidente mata um e deixa dois feridos na BR-319

Grave acidente mata um e deixa dois feridos na BR-319

Foto: Diário7

A tragédia aconteceu na noite de domingo (22), na altura do KM-14 da BR-319 entre os municípios do Porto Velho e Humaitá – AM, a cerca de 13 quilômetros do centro da capital Porto Velho, quando dois carros se colidiram frontalmente, deixando um morto e dois feridos. A vítima Gilmar dos Santos, 46 anos, estava dirigindo um carro modelo Prisma na companhia da esposa, de aproximadamente 40 anos, que ambos haviam acabado de sair da igreja e seguiam na rodovia sentido Humaitá e na altura do KM-14, o motorista teve a vida interrompida, um tenente da PM aposentado com visível sintomas de embriaguez, estava conduzindo um carro modelo Fox em alta velocidade no sentido oposto, fazendo zigue-zague, e acabou batendo violentamente contra o carro do casal.

Com a forte batida, os veículos pararam cerca de 100 metros um longe do outro, Gilmar morreu na hora ficando preso as ferragens e a mulher dele fraturando a clavícula. Já o tenente identificado como Charles Araújo Sanches, recebeu atendimento de equipes do Corpo de Bombeiros e Samu e foi retirado com segurança de dentro do carro e encaminhado para o Hospital João Paulo II com um dos braços fraturados e estava exalando um forte cheiro de bebidas alcoólicas, a esposa da vítima, também foi levado para o hospital com suspeita de está com a clavícula deslocada.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF), foi solicitado para fazer o registro da ocorrência, a perícia técnica foi acionada junto com o rabecão para fazer os serviços de costume. Os bombeiros tiveram que usar o desencarcerador hidráulico para retirar a vítima que ficou preso nas ferragens do veículo. O corpo foi removido para Instituto Médico Legal (IML), para fazer os trabalhos de necropsia após o fim da perícia. Amigos e familiares estiveram no local, relataram que Gilmar estava feliz no culto e após sair destino ao seu sítio, aconteceu a tragédia. A PRF foi até o hospital para colher informações sobre o estado de saúde do policial da reserva e o caso foi registrado na central de flagrantes como como homicídio culposo, quando não se tem a intensão de matar.

veja mais fotos

Fonte: Diário7

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *