Governo do Amazonas recebe 98.500 doses de vacina contra a Covid-19


Imunizantes fazem parte da 11ª remessa enviada pelo Ministério da Saúde ao Estado

 

O Governo do Amazonas recebeu, na noite desta quinta-feira (1°/04), a 11ª remessa de vacinas contra a Covid-19 enviadas pelo Ministério da Saúde (MS), por meio do Programa Nacional de Imunização (PNI). O carregamento conta com 98.500 doses dos imunizantes CoronaVac, fabricado pelo Instituto Butantan, e AstraZeneca, produzido pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). Com isso, chega a 1.178.220 o número de doses de vacina entregues ao Amazonas desde janeiro deste ano.

 

As novas doses foram desembarcadas no Aeroporto Internacional Eduardo Gomes por volta das 19h. A remessa conta com 88.000 doses da vacina CoronaVac e 10.500 doses da vacina AstraZeneca. Parte desse quantitativo será destinada para atender a segunda dose de uma parcela já vacinada, explica a coordenadora estadual de imunização da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS-AM), Isabel Nascimento.

 

“Essa vacina que nós estamos recebendo, parte dela está para atender a segunda dose de todos aqueles pacientes que receberam a primeira dose da vacina AstraZeneca. Então, nessa população, a vacina veio para ser atendida essa segunda dose, e posteriormente ainda vamos ver se vamos repassar a vacina a outras categorias”, explicou a coordenadora.

 

Após o desembarque, as doses foram escoltadas pela Polícia Federal até as câmaras frias instaladas na FVS-AM, onde foram contabilizadas e armazenadas. A partir da próxima semana, as prefeituras municipais poderão agendar para receber os imunizantes diretamente na fundação.

Pioneiro – No último domingo (28/03), o Governo do Amazonas iniciou a vacinação dos profissionais das Forças de Segurança do Estado, transformando o Amazonas no primeiro estado brasileiro a imunizar os profissionais da categoria. A campanha autorizada pela Justiça Federal está acontecendo no Centro de Convenções Prof. Gilberto Mestrinho – Sambódromo, bairro Dom Pedro, zona oeste, em sistema drive-thru.

 

Serão imunizados policiais militares, policiais civis, bombeiros, agentes do Departamento Estadual de Trânsito, do Departamento de Polícia Técnico-Científica, Defesa Civil, além de policiais federais e rodoviários federais.

Loading...

 

Na última quarta-feira (31/03), a Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM), por meio da FVS-AM, divulgou a Nota Técnica nº 297/2021, emitida pelo Ministério da Saúde (MS), incluindo os profissionais as forças de Segurança e Salvamento, bem como das Forças Armadas, no Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19 (PNO).

 

Conforme o nono Informe Técnico enviado pelo Ministério da Saúde com orientações sobre a distribuição desta 11ª remessa de vacinas, a imunização de profissionais da segurança pública e forças armadas deve priorizar trabalhadores envolvidos no atendimento e/ou transporte de pacientes, no resgate e atendimento pré-hospitalar, nas ações de vacinação contra a Covid-19, e na implantação e monitoramento das medidas de distanciamento social, com contato direto com o público, independente da categoria.

 

Doses aplicadas – Dados parciais do Programa Nacional de Imunização, da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (PNI/FVS-AM), apontam que 566.348 doses foram aplicadas em todo o estado até esta quinta-feira (1º/04), sendo 434.019 de primeira dose e 132.329 de segunda dose. A informação foi divulgada no diário de vacinação da FVS, que está disponível no site da FVS-AM por meio do link https://bit.ly/3aTsndS.

 

Até o momento, os três municípios do estado que mais aplicaram doses da vacina, segundo o levantamento, são Manaus (292.319), São Gabriel da Cachoeira (19.502) e Tabatinga (18.097).

 

Mais vacinas – No último dia 22 de março, o governador Wilson Lima assinou contrato para a compra de 1 milhão de doses da vacina Sputnik V para o estado do Amazonas. Os imunizantes, desenvolvidos na Rússia, chegarão entre abril e julho, e a aquisição ocorre por meio do Consórcio Interestadual de Desenvolvimento Sustentável da Amazônia Legal.

“A gente está torcendo para que haja uma regularidade no envio dessas vacinas, o que deve acontecer a partir da próxima semana. E isso vai fazer com que a gente acelere ainda mais esse nosso processo de vacinação. O Amazonas continua entre os primeiros que mais vacinam no país, e isso nos dá uma certa tranquilidade”, afirmou o governador Wilson Lima.

 

FOTOS: Herick Pereira/Secom


DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here