Governo do Amazonas paga abono do Fundeb a 26,7 mil profissionais da Educação nesta terça-feira (29/12)

Valores variam de R$ 4 mil a R$ 12 mil, conforme carga horária

 O Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Educação e Desporto, pagou, nesta terça-feira (29/12), o rateio do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) a 26,7 mil professores, pedagogos e administrativos da rede pública estadual. Ao todo, foram rateados cerca R$ 142,6 milhões em forma de abono salarial com valores de R$ 4 mil a R$ 12 mil, dependendo do tipo de vínculo com a secretaria.

 

Para garantir o pagamento de abono a todos os servidores da Educação, as despesas correrão à conta das dotações do próprio Fundeb, observados os limites fixados pela Lei nº 11.494/2007, e de recursos próprios do Tesouro Estadual. Decreto assinado pelo governador Wilson Lima autoriza essa complementação financeira do Estado.

 

Para os professores e pedagogos, o abono também será quitado em parcela única, no valor de R$ 4 mil para cada 20h de trabalho. Isso significa que profissionais com vínculo de 40h receberão R$ 8 mil, e aqueles com vínculo de 60h, R$ 12 mil. Os administrativos receberão parcela única de R$ 4 mil.

Loading...

O secretário de Educação em exercício, Luis Fabian Barbosa, diz que o abono é uma forma de celebrar os esforços feitos por todos os profissionais da Educação em um ano cujos desafios foram ainda maiores.

 

“Fizemos um trabalho que viabilizou levar alimentação escolar à mesa dos estudantes enquanto eles não podiam ir à escola, colocamos no ar conteúdos da grade curricular para atender os alunos, via canal aberto, internet e até com os professores indo nas casas, nas localidades mais distantes. Tivemos um ano atípico, mas graças ao empenho de todos, conseguimos encerrar o ano com muito aproveitamento”, diz Barbosa.

 

FOTOS: Eduardo Cavalcante/Seduc-AM

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here