Home / Capa / Governador José Melo entrega escola na Redenção e anuncia série de inaugurações

Governador José Melo entrega escola na Redenção e anuncia série de inaugurações

Com a entrega na manhã desta quarta-feira, dia 7 de dezembro, da Escola Estadual de Tempo Integral Maria Rodrigues Tapajós, na Redenção, zona centro-oeste, o governador José Melo deu início a uma série de inaugurações que pretende fazer até o final de janeiro. Contando com a escola que está sendo entregue à comunidade completamente remodelada para funcionar em tempo integral, o governador garantiu entregar até o início do ano letivo de 2017 sete unidades educacionais na capital e no interior.

Também estão previstas para os próximos dias as inaugurações de mais uma etapa do Prosamim, de um conjunto residencial com 2 mil apartamentos na zona Norte, da Ponte do Pêra, em Coari e da Estrada Caapiranga-Membeca, em Caapiranga.

Durante a inauguração o governador ainda anunciou para os próximos dias o lançamento de um grande pacote de obras na área de educação no valor de R$ 300 milhões. No pacote estão incluídas três Centros de Educação de Tempo Integral (Cetis), dentro do Plano Nacional de Fomento às Escolas de Tempo Integral, do Governo Federal, cujo contrato foi assinado durante o ato de inauguração da escola Maria Rodrigues Tapajós. Outras 20 escolas no modelo integral estão sendo licitadas dentro do Programa de Aceleração do Desenvolvimento da Educação do Amazonas (Padeam), com financiamento do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). whatsapp-image-2016-12-07-at-17-17-261

“Essa escola é uma de várias que estão prontas para serem inauguradas na capital e no interior. Quero dizer que, neste ano, um ano de crise em que o Estado perdeu mais de R$ 1,5 bilhão, fora os R$ 2,7 bi que perdemos ano passado, eu agradeço a Deus que permitiu que chegássemos ao final do ano entre os três estados brasileiros de melhor equilíbrio fiscal, o que permite que a gente pague 13º, os salário de servidores, fornecedores, repasse os recursos para os poderes e faça investimentos”, comemorou o governador.

Segundo José Melo, isto só está sendo possível devido aos sacrifícios feitos para manter o equilíbrio das contas públicas, o que, de acordo com ele, lhe custaram a perda de capital político. “Eu não me arrependo de no começo do meu governo ter tomado as medidas que tomei – duras, tirei mil cargos comissionados, sete secretarias, enxuguei o Estado –, por isso, eu chego assim. Se não, eu estava igual ao Rio (de Janeiro), ao Rio Grande do Sul, igual a 17 estados que não vão pagar o 13º este ano. Eu paguei um preço, mas agora a gente pode chegar ao final do ano podendo falar com alegria das coisas que estão acontecendo e que vão acontecer e se eu tiver de fazer mais sacrifícios do ponto de vista, tiver de perder mais prestígio, pra inaugurar uma obra como esta, eu perco”.whatsapp-image-2016-12-07-at-17-17-26

Escola remodelada – A diretora da Escola de Tempo Integral Maria Rodrigues Tapajós, Tânia Castelo Branco, observa que a escola foi completamente remodelada para funcionar em tempo integral. Ganhou refeitório, cozinha, um auditório e um estacionamento. A quadra foi reformada e o anexo, onde funcionam laboratórios de informática e de ciências, biblioteca, salas de dança e de música e salão de jogos, foi ampliado. A escola também ganhou um espaço para os professores, com copa e conforto e teve as praças, telhado, forro e pintura recuperados, além de ganhar acessibilidade para pessoas com deficiência.

De acordo com José Melo, a unidade deverá ser um núcleo do programa Todos Pela Vida, que ele pretende retomar ano que vem e por meio do qual vai aliar práticas sociais às ações de segurança. O governador também anunciou que em breve fará a entrega de títulos definitivos de terra a moradores da Redenção e centro-oeste. No evento de inauguração também foram ofertados serviços de cidadania à comunidade, como emissão de documentos, serviços médicos, corte de cabelo e massagem.

Homenagem – Durante a inauguração, a presidente do Fundo de Promoção Social (FPS), primeira dama do Estado, Edilene Gomes de Oliveira, que é ex-aluna da instituição, recebeu uma placa em sua homenagem das mãos de alunos. Edilene, que passou entre 1982 e 1985 na escola onde cursou de 5ª a 8ª série do Ensino Fundamental, se disse orgulhosa por ter estudado na unidade de onde saiu para fazer o Ensino Médio na Escola Técnica Federal do Amazonas e depois para a Universidade Federal do Amazonas (Ufam). “Tenho orgulho de ter estudado a vida inteira em escola pública”, disse.whatsapp-image-2016-12-07-at-17-17-25

Escolas novas – Elogiado pelo governador para quem a Secretaria Estadual de Educação (Seduc) se superou diante da crise, inclusive com queda no Fundo de Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb), o secretário da pasta, Algemiro Lima, reafirmou o compromisso de entregar as sete escolas antes do inicio do ano letivo. “Tem essa escola, mas se o governador quiser inaugurar a quadra da escola Teresa de Jesus, que está pronta, se quiser ir em Maraã, Tefé, Coari, Borba, Humaitá e Anamã inaugurar as escolas que fizemos lá, elas estão prontas”.whatsapp-image-2016-12-07-at-17-17-27

A Seduc programou até o fim de 2016 e início de 2017 a inauguração de pelo menos sete escolas na capital e no interior do Estado. Estão previstas as entregas das Escolas Estaduais Maria Rodrigues Tapajós, Tereza de Jesus A. Vasconcelos Dias, ambas no bairro da Redenção; Escola Estadual Maria das Mercês, no município de Tefé; Escola Estadual Tancredo Neves, em Anamã; Centro Educacional de Tempo Integral (Ceti) de Coari e de Borba e uma escola no município de Maraã.

FOTOS – BRUNO ZANARDO E JOEL ARTHUS / SECOM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *