Fundo de Promoção Social e Programa de Prevenção às drogas vão fortalecer ações no Estado

O Programa de Prevenção à Violência e Combate ao Uso de Narcóticos e Entorpecentes (Previne) da Secretaria de Segurança Pública (SSP) vai passar a desenvolver as ações em conjunto com o Fundo de Promoção Social e Erradicação da Pobreza (FPS). A parceria faz parte do trabalho de integração das secretarias estaduais para a redução dos índices de criminalidade no Estado. O Previne tem o objetivo de formar agentes multiplicadores de informação sobre prevenção ao uso de drogas tanto na capital quanto no interior.

 

As diretrizes sobre o apoio foram tratadas durante reunião realizada nesta sexta-feira (20), na Sede do Governo, zona Oeste de Manaus, entre a presidente do FPS, Mônica Mendes, e a coordenadora do programa Edméia Holanda. Para Mônica Mendes, a parceria fortalece o trabalho proposto pelo governador Amazonino Mendes de integração das secretarias para garantia de mais cidadania para as famílias amazonenses.

 

“Esse é mais um apoio importante que unimos à proposta da integração das nossas secretarias, pois sabemos que o combate à violência e aos problemas com as drogas deve fazer parte dos órgãos envolvidos com a sociedade. Queremos com esse apoio intensificar as ações de prevenção e melhorar cada vez mais os atendimentos realizados pelos multiplicadores do projeto em nosso Estado”, disse.

 

O Previne também integra o Programa #TodosPeloAmazonas, lançado no último dia 14 de outubro, pelo Governo do Amazonas, e que atendeu mais de três mil pessoas da zona norte de Manaus com serviços de cidadania, saúde, lazer e assistência social, no Centro de Convivência Padre Pedro Vignola, na Cidade Nova, zona Norte.

 

“Ficamos gratas com esse diálogo que tivemos com a presidente do Fundo de Promoção Social e acreditamos que avançaremos com o objetivo desse trabalho no Estado. Vamos, em breve, propor um termo de cooperação técnica entre o fundo e programa Previne para consolidar essa parceria, que é fundamental para a nossa sociedade”, afirmou a coordenadora do programa, Edmea Holanda.

 

Atuação – Em noves anos de atuação, o Previne já certificou 20 mil pessoas de todos os segmentos sociais no Estado. A equipe pedagógica do Previne é formada por psicólogos, assistentes sociais e pedagogos e já percorreu todos os municípios amazonenses levando a mensagem de prevenção às drogas e formando multiplicadores entre pais, estudantes, professores, políticos, religiosos, policiais entre outros.

 

Metodologia – O material didático é preparado especialmente para atender as peculiaridades de cada região. O curso de extensão universitária em parceria com o Centro Universitário Nilton Lins, com carga horária de 50h, tem a duração de uma semana e pode ser frequentado por qualquer pessoa. A única exigência é ter o ensino médio completo. A SSP se coloca à disposição para atender as solicitações de cursos e palestras porque acredita que a prevenção é um pilar forte de combate à criminalidade.

 

Além de atuar na prevenção do problema das drogas, a equipe do Previne procura auxiliar ainda no tratamento de dependentes químicos. Na sede da SSP, o Previne mantém uma sala voltada exclusivamente para oferecer atendimento às famílias que buscam orientação e formas de tratamento para pessoas com problemas referentes ao uso de entorpecentes. Para a execução dessa atividade, há profissionais específicos e qualificados como psicólogos e assistentes sociais.

 

FOTOS: VALDO LEÃO (SECM) 

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.