Estiagem ameça paralisação da balsa de travessia no Rio Madeira em Humaitá

Estiagem no sul do Amazonas, fazem com que a balsa de travessia do Rio Madeira que liga os municipios de Humaitá e Apuí pela rodovia Transamazonica, já opera com restrição devido a seca do rio.

Foto: Chaguinha de Humaitá

A balsa de travessia é de grande importancia para o abastecimento de alimentos e combustíveis aos moradores de comunidade indígenas, MATUPÍ distrito de Manicoré e o municipio de Apuí. Os usuários que utilizam a balsa temem a paralisação dos serviços, caso a seca do rio Madeira continue aumentado diariamente, como tem ocorrido ao longo das semanas que ja se passaram neste mes de setembro.

A empresa de navegação que oferece o trabalho já colocou sinalização no leito do rio para facilitar a chegada a margem Direita, o que ja tem sido feito com bastante cuidado.

A paralisação na travessia ocasionará racionamento de energia em Apuí e Matupí caso os caminhoes petroleiros nao consigam mais cruzar o rio.

A chegada do final do mes de setembro é a esperanca de que as chuvas comecem a cair na região fazendo com qur as aguas voltem a subir e o fluxo de cruzamento dos veículos voltem a ser normalizado em Humaitá.

Foto: Chaguinha de Humaitá
você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.