ESCOLA PODE DESABAR COM A FORÇA DAS ÁGUAS DO RIO MADEIRA

 

 

Alunos da escola rural da comunidade de São Miguel estão assustados com o risco de desabamento, que pode ocasionado pela erosão do Rio Madeira. A força das águas, está derrubando parte do barranco diante a unidade escolar.

 

O prefeito do município, Herivaneo Seixas esteve na manhã de sábado no local em companhia do representante da Defesa Civil em Humaitá, para avaliar a situação e tomar medidas urgentes para tentar salvar a estrutura da escolinha da comunidade. As rachaduras do barranco diante da escola estão muito próximas, o que preocupou o gestor municipal, que pediu o isolamento da área imediatamente.

Na manhã desta segunda-feira (17) uma equipe de trabalho com máquinas e equipamentos da prefeitura já se deslocou para o local onde serão efetuados um rip-rap para a contenção do barranco. A escola não recebeu reformas desde as cheias de 2014 e já estava na lista da SEMED para ser reformada e ampliada neste mês de junho.

Já pedi o isolamento da margem do rio para evitar acidentes com os estudantes, assim como o deslocamento de uma frente de trabalhadores que, farão um serviço de contenção o mais breve possível, nas primeiras horas da manhã desta segunda-feira aqui na comunidade. Não podemos deixar de forma alguma nossa escola ser consumida pela erosão, além de oferecer risco aos alunos que nela estudam. O que for possível nós faremos, caso não seja possível realizar os serviços isolaremos toda a escola e iremos construir uma maior mais distante das margens, os vereadores Ley Siqueira e Ivanei Mendonça estão aqui também, e devem levar o fato ao plenário, para autorizar as obras em caráter de urgência.” Finalizou o prefeito do povo.

Texto: Chaguinha/Acrítica de Humaitá

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here