Em evento com presidente Bolsonaro, escolas da rede estadual recebem certificação do Governo Federal


Honraria foi concedida pela participação das unidades de ensino no Programa Nacional das Escolas Cívico-Militares

As escolas estaduais Professora Tereza Siqueira Tupinambá, Professor Reinaldo Thompson e Nelson Alves Ferreira, que implantaram o Programa Nacional das Escolas Cívico-Militares (Pecim), receberam, na quarta-feira (24/11), certificação pela participação no programa do Governo Federal. A honraria foi concedida pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, em solenidade no Palácio do Planalto, em Brasília, com a presença da secretária de Educação do Amazonas, Kuka Chaves, e dos gestores das unidades de ensino certificadas.

A iniciativa busca reconhecer as escolas que adotaram o modelo de gestão na área educacional, didático-pedagógica e administrativa, que é uma iniciativa do Governo Federal desde 2020. Além de Bolsonaro, o ministro da Educação, Milton Ribeiro, esteve presente na solenidade.

“Para mim, é uma honra representar a educação do Amazonas em um evento de tamanha magnitude. A iniciativa do Governo Federal ajuda a mudar trajetórias de vidas, já que um dos critérios é inserir o modelo de gestão em áreas de vulnerabilidade social”, explica a secretária Kuka Chaves.

Quem também participou do evento foi o gestor Antônio Araújo, da Escola Estadual Cívico-Militar Professor Nelson Alves Ferreira, localizada no bairro Betânia, zona sul da capital amazonense. O local é conhecido como uma área perigosa. A gestão cívico-militar tem ajudado a transformar essa realidade.

“Essa honraria celebra o resultado do nosso trabalho de transformar uma escola, antes chamada de ‘escola do tráfico’, por estar localizada em uma área de vulnerabilidade, hoje devolvida para a comunidade da Betânia”, explica o gestor Antônio Araújo.

Já na Escola Estadual Cívico-Militar Profª Tereza Siqueira Tupinambá, a gestora Adriana Ferreira, expressa o sentimento de dever cumprido.

Loading...

“Todos os dias enfrentamos novos desafios, e essa certificação é apenas a primeira de muitas. Desde o momento em que aderimos ao programa, eu estava ciente que muitas mudanças aconteceriam, claro, mudanças boas, que hoje nos colocam nesse lugar de destaque, sendo uma das 273 escolas que recebem este reconhecimento”, finalizou Adriana Ferreira.

A gestora da Escola Estadual Professor Reinaldo Thompson, Maria Nascimento, afirma que a adesão ao programa estimulou pais e alunos a tentar uma vaga na unidade escolar. “Sem dúvida, este trabalho não foi só meu e sim de toda a equipe dos coordenadores, que diariamente acreditam que a educação pode oferecer aos nossos alunos um grande futuro”, destacou.

Além do Amazonas, receberam a certificação também o Distrito Federal e os estados do Acre, Pará, Rondônia, Roraima, Tocantins, Bahia, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo, Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina.

Certificação – As escolas de Manaus receberam a certificação do nível básico. A certificação do Pecim está dividida em três níveis: Básico, que leva em conta se a escola conseguiu implementar os requisitos básicos do modelo de gestão; Intermediário, em que são observados os primeiros resultados obtidos nos objetivos e iniciativas estratégicas do programa; e Avançado, em que devem ser apresentados resultados de impacto e de alcance do objetivo do programa.

Adesão – O Pecim foi lançado em setembro de 2019 e é uma parceria entre os ministérios da Educação (MEC) e da Defesa, com a proposta de melhorar o processo de ensino-aprendizagem nas escolas públicas.

FOTOS: Secom e Divulgação


DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here