Eleição na PGJ em 2018 já tem “pré-candidatos” em campanha

Nem bem saiu de um processo desgastante para sua imagem, que foi a escolha do procurador Hamilton Saraiva para desembargador do Tribunal de Justiça, o procurador-geral de Justiça do Amazonas, Fábio Monteiro, já se vê às voltas, antecipadamente, com uma nova corrida eletiva.

Agora é a eleição do próximo ano para escolher o futuro chefe do Ministério Público o principal cardápio das conversas e articulações onde quer que se reúnam dois ou mais membros da Procuradoria-Geral de Justiça (PGJ).

Foi assim nesta sexta, dia 7, na posse da nova diretoria da associação amazonense de procuradores e promotores de Justiça, a AAMP.

Pretendentes à cadeira de Monteiro já estão em pré-campanha. Foi visível a articulação de Otávio Gomes, Francisco Cruz e Reinaldo Nery, que acabou de deixar a presidência da associação, nas rodas de bate-papo.

Nessa lista de pretendentes é bom não esquecer do nome da procuradora Antonina Valle, que surpreendeu e integrou a lista tríplice, com Cruz, na escolha do governador José Melo (Pros) por Saraiva para desembargador do TJ-AM.

Um ponto em comum nessas conversas: ataques à gestão de Monteiro, que teria sido o principal fator na rejeição ao seu nome na corte de justiça.

 

Foto: BNC

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.