Home / Capa / *David diz que o Amazonas não está preparado para uma tragédia administrativa

*David diz que o Amazonas não está preparado para uma tragédia administrativa

 

O candidato ao governo do Estado pela coligação Renova Amazonas, David Almeida (PSB), se disse confiante de que vai para o segundo turno das eleições gerais deste ano e fez o último pedido aos eleitores, para que avaliem os seus candidatos até a última hora. A declaração foi dada na manhã deste domingo (7), após enfrentar a fila de votação da seção 554, Zona 31, na Escola Estadual Antônio Lucena Bitencourt, localizada na avenida Adalberto Vale, Morro da Liberdade, Zona Sul.

O candidato saiu da sua casa e escritório a pé, no Morro da Liberdade, até o local da votação, acompanhado do seu vice Chico Preto e do candidato a deputado federal Marcelo Serafim e do a estadual Serafim Corrêa, além da esposa e de sua filha. David reforçou o pedido ao eleitor para que analise os seus candidatos até a última hora, porque considerou que é uma decisão que tem consequências positivas ou negativas, dependendo da escolha do eleitor.

“Governar um Estado como o Amazonas é uma responsabilidade muito grande. Por isso é necessário que o eleitor analise o seu candidato, porque o voto tem consequência. É importante analisar a vida dos candidatos e as suas propostas e a experiência de cada um. O mudar não pode ser mudar por mudar. Você entraria num avião com a sua família sabendo que o piloto nunca pilotou uma aeronave? Você entregaria um filho seu para fazer uma cirurgia com alguém que não é médico. A certeza de uma tragédia é iminente”, disse.

David reforçou que o Amazonas “não está preparado para uma tragédia administrativa”. O candidato lembrou que, no ano passado, assumiu o Governo do Amazonas interinamente, em dos momentos mais delicados para a economia do Estado. “Nos quatro meses em que estivemos à frente do governo, nós conseguimos recuperar a arrecadação. Fizemos o pagamento do maior abono da história do Fundeb, para os professores amazonenses. Realizamos a maior promoção da história do Amazonas dos policiais militares e bombeiros militares. Por conta dessa experiência, sabemos que o Amazonas pode ser sim um lugar melhor para se viver”, disse.

Aos eleitores, David disse que quem vai resolver os problemas do Amazonas será alguém que nasceu na comunidade, na periferia. “Não sou bancado pela máquina de governo, não tenho acordo com grupos de empresários. Eu estou aqui para ajudar a salvar o Amazonas, porque eu vim da comunidade, sou da periferia, sou pé no chão e é esse pé no chão que se preparou, se qualificou, estudou e que está colocando o seu nome à disposição do eleitor amazonense. O futuro do Amazonas está em nossas mãos e agora é momento do povo confirmar o que ele quer para os próximos quatro anos no estado do Amazonas”, salientou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *