CONTAS DESCONTROLADAS – Artur Neto pede empréstimo de R$ 255 milhões à Caixa

Após fazer críticas a Davi Almeida por má gestão financeira, Artur Neto pede empréstimo de R$ 255 milhões à Caixa

Crítico ferrenho do governador Davi Almeida (PSD), a quem acusa de gastar mais do que tem e deixar a economia do Estado *”esfrangalhada”*, o prefeito Artur Neto (PSDB) acaba de pedir um empréstimo de R$ 255 milhões junto à Caixa Econômica Federal (CEF). Artur serve de inspiração para o governador eleito, Amazonino Mendes (PDT)

Esta é a segunda vez em menos de um mês que Artur Neto aumenta a dívida da prefeitura, já que pediu ao Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) R$ 167 milhões para construir escolas.

Desta vez o prefeito quer R$ 255 milhões do Financiamento à Infraestrutura e Saneamento (Finisa) para o Programa de Melhoria Urbana e Infraestrutura Tecnológica do Município de Manaus (Prominf), que visam, de acordo com a Prefeitura Municipal de Manaus (PMM), visa a recuperação de vias incluindo construção e reconstrução de pontes, além de recapeamento asfáltico *”de maior qualidade”*.

O orçamento da PMM para este ano é de R$ 4,1 bilhões, sendo que a Seminf detém R$ 700 milhões.

O pedido de empréstimo precisa de aprovação da Câmara Municipal de Manaus (CMM) e o pedido de urgência foi aprovado com votos contrários dos vereadores Chico Preto (PMN), Marcelo Serafim (PSB) e Gedeão Amorim (PMDB), alegando que o Prominf não tem seus objetivos bem definidos.

Já que tanto critica o governador Davi Almeida, Artur Neto poderia dar exemplo de boa gestão e transparência ou, como diz o ditado popular: macaco, olha o teu rabo.

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.