Com sangue nos olhos, ex-aliados travam guerra nos bastidores políticos do estado

 

Com os bastidores pegando fogo, dois gigantes trocam juras de amor e ódio no meio político do Amazonas. O atual governador Amazonino Mendes já não dorme mais em águas tranquilas, com um inferno astral dos piores possíveis, tudo ocasionado por uma suposta traição ocasionado por um desacordo político, após a eleição suplementar realizada no ano de 2017.

O senador *OMAR AZIZ* um dos grandes defensores e talvez o principal responsável pela ressureição da *(Abelha Rainha)* *AMAZONINO MENDES*  ter conseguido retornar ao cargo de governador do estado, já não esconde seu descontentamento e prefere nao se misturar com o NEGÃO. Mas como diz um velho ditado popular, *”Tudo tem seu preço”* e cedo ou tarde a fatura chega para ser paga…

*Chegou a hora?*

Para o senador OMAR AZIZ parece que sim e o clima de amizade entre os dois já não é a mesma desde a confirmação da vitória do *NEGAO* que ao assumir o cargo de governador pela quarta vez em seu estado, se tornou imperador, capaz se afastar dos principais aliados, como se não precisasse mais de ninguém.

O desejo de vingança, parece alimentar seus ex-alunos, e neste pleito eleitoral que se avizinha. *OMAR AZIZ* já articula sua bancada aliada que mesmo esfacelada pelo governador Amazonino pode trancar a reeleição do NEGÃO que parecia morto em sua casa do TARUMÃ, e que após ser eleito se transformou num verdadeiro garoto, capaz de num passe de mágica *”Arrumar sua casa”*, porque a do estado continua reclamada até agora.

A briga ainda não é pública, ela circula pelos bastidores é rosna como cães valentes quando se sentem ameaçados um pelo outro. Enquanto isso no Palácio do Governo a insatisfação só aumenta, com crise na segurança, na saúde e na educação. Agora mesmo a pior de todas já está prestes a se tornar pública também, a dívida crescente com fornecedores que já estão praticamente quebrados “a mercê” do imperador ou melhor, do governador que não tem pago mais ninguém.

*Amazonino* nos últimos dias só tem perdido, credibilidade, perdido aliados importantes e o pior de todas elas, sua saúde com stress e insatisfação com seus secretários e assessores políticos.

O mês de Março ainda nem começou e de tanto trabalho que tem pela frente o mês de abril já bate em sua porta, trazendo mais problemas é o prazo final pra formar seu time eleitoral.

Portanto nesta cruzada de gigantes não temos vencedor por enquanto só derrotados pois os dois, aliados precisam decidir como vai ficar este imbróglio político, que encerro com outro ditado popular: *”Se correr o bicho pega, se ficar o bicho come!”*.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here