Câmara de Santa Isabel instaura CPI para apurar superfaturamento em licitações praticados pelo prefeito

A Câmara Municipal de Santa Isabel do Rio Negro instaurou na última segunda-feira (13) uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar possíveis irregularidades nos processos licitatórios e indícios de superfaturamento nas licitações e contratos feitos pelo chefe do Executivo Municipal, Araildo Mendes do Nascimento, o “Careca”.

O Requerimento 001/2017 de autoria dos vereadores Evandro Slva de Aquino (PT), Jucirley da Silva Maximiliano (PHS) e Maria Elizangela da Silva Melgueiro (PMDB), foi aprovado na sessão plenária de segunda-feira.

Segundo assinam o vereadores, há indícios muito forte de irregularidades nos processos licitatórios e superfaturamento nas licitações e contratos com empresas vencedoras que fornecem materiais e prestam serviço para a prefeitura Municipal desde o início deste ano.

Uma das empresas apontadas pelos parlamentares, é a Andrew Cunha Lobo Eirele – EPP, contrata para presta serviço com o fornecimento de fardamento escolar a serem utilizados no desfile da semana do Amazonas e da Pátria em 2017. O contrato, de acordo com publicação do Diário Oficial dos Municípios é de  R$ 79.740,00, considerado exorbitante pelos vereadores.

O outro contrato, correspondente a R$ 311.340,00, foi homologado em nome da empresa RE Recuperação de Materiais de Resíduos Não Perigosos LTDA -ME, especializada na prestação de serviço de coleta de resíduos hospitalares.

O contrato foi autorizado no dia 11  setembro deste ano.

 

você pode gostar também
1 comentário
  1. João dos Santos Diz

    Boa atuação dos vereadores mas infelizmente foi interrompida por força de uma liminar concedida por um juiz plantonista ao chefe do poder executivo municipal, que não conhece a realidade do município.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.