Início Capa Brasil abateu o PERÚ com 5 a 0

Brasil abateu o PERÚ com 5 a 0

Depois de vaias nos dois primeiros jogos, neste sábado, teve até “olé”. Na Arena Corinthians, em São Paulo, a seleção brasileira se reconciliou com sua torcida e, enfim, foi convincente: vitória por 5 a 0 sobre o Peru e classificação assegurada às quartas de final da Copa América.

Não parecia que seria assim, é verdade. O início da partida teve o Peru melhor, e os torcedores de vermelho e branco fazendo mais barulho. Bastou, contudo, Casemiro abrir o placar para tudo mudar. Roberto Firmino e Everton ampliaram ainda na etapa inicial, para a festa local.

No segundo tempo, Daniel Alves ainda ampliou a contagem, para a festa completa do estádio – que ainda se manifestaria firmemente para vaiar Paolo Guerreiro, substituído após o 4 a 0. No fim, ainda coube mais um, com Willian, que acertou um belo chute de fora da área para fechar o placar.

As possibilidades para o Brasil são os rivais da chave B, que tem a terceira colocação ocupada atualmente pelo Catar, mas que pode ficar também com a Argentina; e do grupo C, de Uruguai e Japão.

Bom início do Peru, ótimo fim para o Brasil

Depois de dois jogos em que praticamente não foi ameaçado, o Brasil começou a partida deste sábado vendo o Peru criar a primeira boa chance, logo aos três minutos. Guerrero sofreu falta na esquerda, Cueva cobrou, e a bola cruzou toda a área brasileira, assustando Alisson.

A superioridade peruana durou até os 12 minutos, quando Philippe Coutinho cobrou escanteio da esquerda e Thiago Silva desviou. A bola chegou a Casemiro, que cabeceou primeiro na trave e depois para o gol, marcando pela primeira vez em 38 jogos na seleção – o volante recebeu um cartão amarelo no jogo e está fora das quartas de final.

Foi tudo o que o Brasil precisou para desencantar. Na verdade, a seleção contou ainda com uma ajuda do goleiro Pedro Gallese aos 18 minutos. O camisa 1 foi tentar chutar para frente, mas acabou acertando o pé direito de Firmino. A bola encobriu o arqueiro, mas bateu na trave. A sobra ficou com o atacante brasileiro, que esbanjou calma para fazer o segundo.

Segundo tempo sem diminuir o ritmo

Apesar da vitória encaminhada nos 45 minutos iniciais, o Brasil voltou ao segundo tempo buscando mais. Logo de cara, criou boa chance com Everton. Já aos oito, veio o quarto, com Daniel Alves, após uma bela triangulação envolvendo Arthur e a assistência de Firmino.

O gol até saciou o ímpeto do ataque, mas o Brasil seguiu dominante. Trocou passes e chegou com naturalidade ao gol de Gallese por diversas vezes. Não seria exagero se a goleada fosse maior com gols em lances de Cebolinha, Gabriel Jesus e Phlipppe Coutinho.

E foi justamente Willian quem fechou o marcador, já aos 44 minutos, batendo de fora da área, em golaço. O sexto poderia ter vindo logo em seguida, mas Gabriel Jesus perdeu pênalti, defendido por Gallese pouco antes do apito final na Arena Corinthians.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here