Assassinou esposa com um machado na Comunidade de Realidade

Nove dias depois de assassinar sua mulher com um único golpe de machado na cabeça, pelo fato de ela não estar assassinomais querendo viver em sua companhia, Sebastião Schneider França, 43, foi preso na Comunidade da Realidade, na Zona Rural de Humaitá, município distante 590 Km de Manaus em linha reta, neste final de semana.
O caseiro confessou o crime depois de ser localizado e preso pelos policiais do 4º Batalhão da Polícia Militar, que já vinham tentando localizá-lo.
Ele sempre trocava de esconderijos, pois já foi “mateiro” e conhecia muito bem a área de selva da localidade, por isso a dificuldade em ser encontrado para responder pelo bárbaro crime que cometeu.

 


Em depoimento, Sebastião não apenas confessou ter matado Laureni de Oliveira Moura, 53, com quem vivia há mais de 15 anos, como também disse ter premeditado o crime, na tarde do dia 21 deste mês.
Ele chamou a mulher na casa de farinha do casal, alegando que precisava de sua ajuda, mas quando ela chegou, foi atingida com a machadada mortal na cabeça.
Após sua prisão, os policiais do 4º BPM apresentaram Sebastião França na 8ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Humaitá, onde ele confessou tudo e foi indiciado por crime de homicídio doloso, quando há intenção de matar.

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.