Home / Capa / Abert repudia morte de jornalista e pede apuração rigorosa

Abert repudia morte de jornalista e pede apuração rigorosa

Em nota enviada à imprensa nesta quarta-feira, a Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão (ABERT) repudiou o assassinato do editor e proprietário do site Jornal de Rondônia, Ueliton Bayer Brizon, ocorrido na na manhã de terça-feira (16), em Cacoal.

A nota diz que Brizon foi atingido por quatro tiros quando passava de motocicleta por uma das ruas da cidade. Ele estava acompanhado da esposa, que nada sofreu. O autor dos disparos, que estava em outra moto, fugiu e ainda não foi identificado.

“O jornalista, que também era presidente municipal do Partido Humanista da Solidariedade (PHS) e suplente de vereador, denunciava crimes de políticos locais e irregularidades em sua cidade. A Polícia Civil investiga o caso e trabalha com a hipótese de execução por causa do trabalho jornalístico.

A ABERT considera extremamente preocupante qualquer ato de violência, principalmente os decorrentes do exercício da atividade jornalística, e pede às autoridades de Rondônia a rigorosa apuração do crime, assim como a identificação de seus responsáveis.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *