Mais de R$ 170 milhões serão investidos para revitalizar ramais e vicinais e impulsionar economia do Estado

 

Cerca de 30 ramais e vicinais em 16 municípios serão revitalizados nos próximos meses para garantir o escoamento e ampliação da produção oriunda da piscicultura e fruticultura no interior do Amazonas. Os ramais estão localizados em pontos onde a produção é significativa e com perspectivas de impulsionar ainda mais a economia do Estado. Para isso, o Estado investirá mais de R$ 170 milhões e já possui obras em andamento, previstas para serem entregues ainda neste ano.

 

O governador David Almeida disse que os recursos fazem parte do pacote de obras de R$ 1,5 bilhão para a infraestrutura, anunciado no começo do ano. “Essas obras garantem que os produtores rurais tenham condições de escoar seus itens com mais facilidade para os grandes centros comerciais, gerando renda para as comunidades essencialmente agrícolas”, afirmou David Almeida.

 

Entre os locais que serão beneficiados com asfaltamento estão os ramais ZF9, em Rio Preto da Eva; o Arapapá, em Manacapuru, com 7,35 km de extensão. Para realizar esse trabalho de infraestrutura, serão investidos R$ 4.941.220,76 para beneficiar um total de 340 quilômetros.

 

Juntos, os dois municípios são os maiores produtores de pescado do Amazonas, contudo ainda enfrentam problemas de logística para realizar o escoamento das suas produções. Outros municípios que também receberão recursos são Itacoatiara, Itapiranga, São Sebastião do Uatumã, Autazes, Borba, Anamã, Anori, Careiro, Envira, Guajará, Ipixuna, Iranduba, Manaquiri e Tabatinga.

 

O governador David Almeida explica que o investimento em infraestrutura no interior do Estado segue uma programação de trabalho do Governo do Amazonas para impulsionar a piscicultura e a fruticultura. Em 2016, já foram recuperados ou construídos mais de 623,71 quilômetros de ramais e vicinais em 19 municípios.

 

Mais recursos – O interior do Amazonas também será beneficiado com outras obras de infraestrutura, segundo informou o governador David Almeida. Ele disse que depois que se reuniu com mais de 40 prefeitos para discutir as necessidades dos municípios, ele esteve em Brasília e garantiu recursos de R$ 300 milhões, dos quais R$ 231 serão utilizados na infraestrutura e sistema viário das cidades.

 

O Estado também está buscando recursos do Governo Federal para recapear, nos próximos meses, as estradas dos municípios de Novo Airão, Silves e Autazes, além da estrada que dá acesso à comunidade Novo Remanso, em Itacoatiara.

 

Obras em andamento – Importante via de comunicação da capital com municípios da Região Metropolitana de Manaus, a Rodovia Manoel Urbano (AM-070) já está com as obras de duplicação em andamento pelo Governo do Amazonas. Atualmente, estão sendo executados os serviços de drenagem profunda, do km 21 ao km 33. Os serviços de terraplanagem do km 20 ao km 35 também já foram iniciados, com as equipes atuando em pontos alternados. Dentro do plano de trabalho também estão contemplados a continuação dos serviços de topografia e de arqueologia nos sítios Kemak, Capoeira dos Índios II e Ubin.

 

A obra possui investimentos do BNDES e do Governo do Estado, num total de R$ 279.642.517,36. O primeiro trecho duplicado da AM-070 possui 11 km de extensão e foi inaugurada em 2015. Mais 13,82 km pavimentados já foram executados. Com isso, são 24,82 km duplicados no total que estão em funcionamento.

 

 

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.