5 Efeitos positivos do riso

O bom humor pode não curar todas as doenças, mas quando se trata de ajudar no bem-estar e aliviar o estresse, o riso e as gargalhadas são os “melhores remédios” e podem trazer inúmeros benefícios para a saúde física e mental.

Este conceito está bem ilustrado no filme “Patch Adams: O Amor é Contagioso”, de 1998. O drama baseado na vida real do Dr. Hunter Doherty Adams conta, através do personagem Patch Adams (Robin Williams), como o riso, o amor e a alegria podem ser terapias curativas para muitos males. O Doutor Hunter “Patch” Adams é um médico norte-americano famoso pela sua metodologia inusitada de tratar os pacientes. Formado pela Virginia Medical University, ele fundou a Instituto Gesundheit, um espaço que trata enfermos por meio da chamada “terapia do riso”.

Outro exemplo real, agora fora das telas do cinema e no Brasil, são os “Doutores da Alegria”. A organização sem fins lucrativos, fundada pelo ator Wellington Nogueira, em 1991, introduz a arte do palhaço ao ambiente da saúde através de intervenções junto à crianças, adolescentes e outras pessoas em situação vulnerável. O grupo atua em vários hospitais públicos de algumas capitais do País com o objetivo de inspirar as relações humanas e equilibrar as emoções, tornando mais leve a experiência da internação.

A característica universal de dar boas risadas e ter senso de humor é única dos seres humanos, portanto, deve ser usada. Esse pode ser exatamente o tipo de autocuidado que você precisa para se sentir absolutamente bem. Aqui estão cinco efeitos positivos comprovados do riso que podem ajudá-lo a ter uma vida mais saudável e feliz:

  1. O riso pode reduzir a hipertensão.

A pressão alta (hipertensão) é um dos efeitos colaterais mais perigosos do estresse, além de ser um fator de risco para doenças cardíacas e derrames. Alguns estudos mostram uma redução da pressão arterial após o riso. Entre eles, um de 2011, onde pesquisadores da American Heart Association expuseram 79 voluntários hipertensos a uma terapia de riso. O riso foi estimulado por contato visual e exercícios respiratórios. Imediatamente após as sessões, a leitura da pressão arterial dos participantes diminuiu.

  1. O riso como exercício corporal.

    A “Ioga do Riso” é um tipo de tratamento que utiliza o exercício do riso para melhorar a hipertensão e outros males. Segundo Madan Kataria, fundadora da Laughter Yoga School, os indivíduos que participam das sessões de ioga para rir não precisam de humor ou comédia, tampouco estarem felizes. Durante 20 ou 30 minutos, o grupo inicia o riso como uma forma de exercício corporal, seguido de respiração profunda e alongamento. Ao fazerem contato visual, esse riso se torna real e contagioso. O que se observa no grupo é uma redução da pressão arterial e também dos níveis de cortisol, um hormônio do estresse. A terapia é indicada como auxiliar para uma variedade de problemas de saúde.

  2. O riso pode melhorar a imunidade.

Praticar alguma terapia do riso no início da temporada de gripes e resfriados pode ser uma forma de melhora a imunidade. Um estudo de 2015, publicado no Journal of Alternative and Complementary Medicine, mostrou que a liberação de imunoglobulina (IgA – anticorpos que desempenham um papel importante na função imunológica) no leite das mães no pós-parto teve um pequeno aumento depois que as participantes se envolveram em uma “rotina de dança do riso”.  Mesmo essa quantidades sendo pequenas, foi significante para os pesquisadores, pois no período pós-parto a IgA natural do leite materno tende a diminuir (o nível mais alto é atingido imediatamente após o parto, no leite conhecido como “colostro”).

4.  O riso pode agir como um antidepressivo natural.

Embora não seja a única terapia recomendada, o riso se mostra promissor para melhorar a depressão. Pacientes de clínicas de repouso costumas sofrer de depressão e insônia. Um estudo de 2017, publicado no Korean Journal of Adult Nursing, mostrou os efeitos da terapia do riso em 42 residentes de dois hospitais de longa internação. Os resultados mostraram melhora nos quadros de depressão, bem como melhor qualidade do sono no grupo experimental, em comparação ao grupo de fora do programa.

  1. Rir queimar calorias.

Como se todos esses benefícios do riso não fossem suficientes para dar boas risadas todo os dias, rir ainda pode queimar calorias. Um estudo de 2014, publicado pelo International Journal of Obesity, analisou dois grupos de pessoas. Um grupo assistiu a vídeos de comédia com o objetivo de evocar risadas, por aproximadamente 10 minutos, enquanto o outro assistiu vídeos improváveis de estimular o riso. Ambos foram conectados a um aparelho capaz de medir o gasto de energia e a freqüência cardíaca. Os pesquisadores determinaram que aqueles que riam queimavam até 10 calorias nos 10 minutos, enquanto os que não riam não queimavam calorias. Portanto, acrescente humor á sua vida. O riso é gratuito, conveniente e benéfico de várias maneiras.

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.