URGENTE – SÁBADO COM 02 ÓBITOS POR COVID-19 ORIUNDOS DE HUMAITÁ EM PORTO VELHO

Com um percentual assustador, Humaitá segue perdendo vidas para o coronavírus, somente agora pela manhã deste sábado (20.02) já temos relatos de 02 mortes em Porto Velho, oriundos do nosso município. Com a soma dos que já partiram neste ano de 2021, chegamos a marca de 24 óbitos em 50 dias, obtivemos ainda a informação do falecimento de um indígena, ocasionado por parada cardiorrespiratório (INFARTO).

Humaitá atravessa dias difíceis, e de extremas gravidades, decorrentes do COVID-19. Diariamente observamos um divisor de motivos pelos quais, nossas equipes de saúde se mobilizam, na tentativa de salvar vidas, embora todo o esforço das equipes de saúde, que tem mobilizado através da regulação nacional até UTI AÉREA para resgatar nossos pacientes em casos graves e extremos, o gestor municipal Dedei Lobo, tem enfrentado muitos empresários e donos de bares, reclamam que precisam trabalhar, para sustentar suas famílias, o prefeito da cidade, reuniu recentemente estes empresários junto com o conselho de enfrentamento pedindo mais prazo para permanecer as restrições, mas muitos estão na bronca, após o prefeito permanecer com as restrições em curso.

Loading...

O clima de descontentamento é crescente assim como o número de mortes, as vezes em Humaitá outras em Porto Velho. O prefeito do município pode decretar Calamidade Pública a qualquer momento, voltamos a chamar as atenções para prioridades em treinamentos, ajuda externas de profissionais intensivistas, e mudança de protocolos em casos extremos de entubamento. É preciso também parabenizar o salvamento da vida do jovem Matheus, que foi operado e teve sua vida salva, pela equipe de cirurgia de nossa Hospital Regional Dra Luiza da Conceição Fernandes.

Vivemos um momento dramático e perigoso, nosso povo ainda não compreendeu que esta segunda onda é ainda mais mortal, e que tem levado a óbito novos e idosos, sem escolhas de cor, raça ou poder econômico, muitas vezes somos taxados de dramático demais, porém os fatos evidenciam, tudo o que relatamos anteriormente.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here