Um, dois, três o Flamengo é campeão outra vez!

O Flamengo voltou a levantar um troféu ao vencer o Independiente del Valle por 3 a 0 na noite de ontem (26), no Maracanã. O título da Recopa Sul-Americana fez o clube rubro-negro emendar uma série de cinco taças em pouco mais de três meses.

Para chegar à marca, o Flamengo aproveitou as mudanças no calendário do futebol sul-americano e brasileiro. A Libertadores, por exemplo, é decidida no segundo semestre desde 2017. Além disso, a CBF recriou a Supercopa do Brasil depois de 29 anos.

O Flamengo conquistou a Libertadores no dia 23 de novembro. Menos de 24 horas depois, garantiu o título brasileiro sem entrar em campo, após uma vitória do Grêmio sobre o Palmeiras no Allianz Parque. Já em 2020, sagrou-se campeão da Supercopa do Brasil no dia 16 de fevereiro, da Taça Guanabara no dia 22 e, enfim, da Recopa.

Ao conquistar tantos títulos em sequência, o Flamengo obtém um desempenho similar aos do Santos de Pelé e do São Paulo de Telê Santana. Em 11 meses, entre dezembro de 1962 e novembro de 1963, o Santos ergueu cinco troféus: Paulista (de 1962), Rio-São Paulo, Taça Brasil, Libertadores e Mundial (em 1963).

A série chegou a sete títulos em 14 meses, pois o clube também venceu a Libertadores e o Mundial de 1962, em agosto e outubro, respectivamente. Já o São Paulo conquistou quatro títulos em seis meses, entre maio e dezembro de 1993. O time de Telê foi campeão da Libertadores, Recopa Sul-Americana, Supercopa Sul-Americana e Mundial naquela temporada.

Incluindo os títulos paulista e mundial conquistados no fim de 1992, o clube tricolor obteve seis taças em 12 meses. Antes dos títulos sob o comando do técnico Jorge Jesus, o Flamengo havia conquistado cinco títulos em 18 meses, entre junho de 1980 e dezembro de 1981. A sequência de conquistas teve o Brasileirão de 1980, a Taça Guanabara, a Libertadores, o Carioca e o Mundial, todos na temporada 1981.

Outros times conquistaram títulos em sequência. O Palmeiras se sagrou campeão cinco vezes em 18 meses, entre junho de 1993 a dezembro de 1994. A série começou pelo Estadual 1993, passou pelo Rio-São Paulo e o Brasileirão do mesmo ano, e terminou com o Paulista e o Brasileirão de 1994.

O Corinthians conseguiu vencer quatro campeonatos em 12 meses. Os corintianos ergueram as taças da Libertadores, do Mundial, do Paulista e da Recopa entre julho de 2012 e julho de 2013. Entre dezembro de 1998 e janeiro de 2000, já havia registrado uma sequência de quatro conquistas, com dois Brasileiros, um Paulista e um Mundial.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here