PM do Amazonas confirma greve para o dia 15 de março

O motivo seria a promoção dos PMs por tempo de serviço

PM do Amazonas confirma greve para o dia 15 de março O protesto que vai abranger soldados, cabos, sargentos e subtenentes. (FOTO: DIVULGAÇÃO)

MANAUS, AM – A Polícia Militar do Amazonas confirmou para o dia 15 de março greve envolvendo, aproximadamente, quatro mil praças. A informação é do presidente da Associação dos Subtenentes e Sargentos da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros, Francisco Pereira da Silva, o “Pereirinha”, em entrevista dada a Rádio Tiradentes, nesta terça-feira (6). O protesto que vai abranger soldados, cabos, sargentos e subtenentes.

O motivo seria a promoção dos PMs por tempo de serviço, que o governo do Estado se recusa a homologar.

No dia 1º de março os militares fizeram uma manifestação em frente à sede do Governo, no bairro da Compensa, Zona Oeste de Manaus, reivindicando as promoções.

Após o protesto, o presidente da Associação de Praças do Amazonas (Apeam), Gerson Feitosa, e outras entidades que representam os policiais, foram convocados para uma reunião com o chefe da Casa Civil, José Pacífico. O secretário recomendou que fosse protocolado um documento e enviado para o governador Amazonino Mendes, que estava viajando na data.

“Nós iremos protocolar o documento que eles pediram, mas nossa programação continua. Eles nos disseram que as informações que receberam por parte dos oficiais, são de que estávamos todos satisfeitos com a decisão e não estamos”, advertiu o presidente.

Segundo Feitosa, o modelo do protesto, já foi planejado. “Nós iremos para o quartel, mas ninguém vai sair. Nossos familiares estarão na porta dos quartéis protestando pelos nossos diretos”, disse.

Os militares só voltam a atuar, em caso de flagrante.

fonte: deamazonia

1 COMENTÁRIO

  1. Eu vi em um outro site a foto de um pm com os seguintes dizeres: é uma vergonha ser pm no Amazonas. kkkkk é pra rir mesmo, fui pesquisar os salários dos pms em cada estado e….pasmo, o salário do policial no Amazonas estar entre os dez melhores do Brasil. Se é uma vergonha, então vão para o Rio de Janeiro e São Paulo, lá sim os salários são uma vergonha, sem contar que o risco de vida ainda é muito maior comparado com nosso Estado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here