PIB brasileiro cresce 1,1% e fecha 2019 em R$ 7,3 trilhões

O PIB (Produto Interno Bruto) do Brasil cresceu 1,1% em 2019, na comparação com o ano anterior. É o terceiro ano seguido de resultado positivo, após altas de 1,3% em 2017 e 2018. Em valores atuais, o PIB totalizou R$ 7,3 trilhão no ano passado. Os dados foram divulgados hoje pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

De acordo com Rebeca Palis, coordenadora das Contas Nacionais do IBGE, a maior contribuição para o avanço do PIB vem do consumo das famílias, que cresceu 1,8%. A pesquisa apontou altas na agropecuária (1,3%), na indústria (0,5%) e serviços (1,3%). São três anos de resultados positivos, mas o PIB ainda não anulou a queda de 2015 e 2016 e está no mesmo patamar do terceiro trimestre de 2013

Em 2015, o PIB brasileiro havia 3,5% em 2015 e 3,3% em 2016

PIB cresce 0,5% no 4º trimestre considerando apenas o quarto trimestre de 2019, a economia brasileira cresceu 0,5% na comparação com o terceiro trimestre do ano, o nono resultado positivo consecutivo nesta comparação. Os serviços e a indústria subiram 0,6% e 0,2%, respectivamente, enquanto a agropecuária recuou 0,4%.

Quando comparado ao quarto trimestre de 2018, o PIB avançou 1,7%, no décimo segundo resultado positivo consecutivo, após onze trimestres de queda nesta base de comparação.

Mercado espera PIB de 2,17% em 2020

Para este ano, economistas consultados pelo Banco Central preveem que economia do país deverá crescer 2,17%, segundo o último Boletim Focus, divulgado nesta semana. A estimativa é menor que a do início do ano, que era de crescimento do PIB de 2,3%. O principal motivo para a redução nas projeções de economistas é o novo coronavírus, que afeta a economia de diversos países. Na China, principal parceira comercial do Brasil e onde o vírus surgiu, várias empresas estão paradas ou funcionando em ritmo menor e cidades estão em quarentena.

(Com Reuters).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here