Pelo Brasileirão são 21 vitórias rubro-negras, 22 empates e 18 triunfos cruz-maltinos, veja a estatística do clássico dos milhões

A primeira vez que Flamengo e Vasco se enfrentaram por uma competição nacional foi no Torneio Roberto Gomes Pedrosa, de 1967. Na ocasião, empataram num raro 0 a 0, no Maracanã. Ao todo, desde então, foram 61 duelos entre os rivais pelo Campeonato Brasileiro – somando Robertão e Taça Brasil -, com 21 vitórias rubro-negras, 22 empates e 18 triunfos cruz-maltinos. Nessa quarta-feira, os times se encontram pela 62ª vez na disputa.

Até hoje, foram 139 bolas na rede – 72 do Fla e 67 dos vascaínos -, empurradas por 93 jogadores diferentes. Destes, somente dois marcaram por ambos os clubes: Bebeto – dois por cada – e Petkovic – dois pela equipe da Gávea e um pelo time de São Januário.

Em toda a história do Clássico dos Milhões, o maior artilheiro atende pelo nome de Roberto Dinamite. O ídolo do Vasco anotou 27 tentos, oito a mais que o rubro-negro Zico. Em Brasileiros, no entanto, quem lidera o ranking é Edmundo. Apesar de ter jogado nos dois, o Animal marcou todos os seus oito gols vestindo a camisa cruz-maltina. Por duas vezes o atacante deixou o campo com um hat-trick: em 1996 e em 1997, ambos em goleadas por 4 a 1.

Roberto aparece em segundo, com sete, seguido mais uma vez pelo Galinho, com cinco. Romário, que também atuou pelo dois, é o quarto, empatado com Bebeto. Veja o top 7:

MAIORES ARTILHEIROS DO CLÁSSICO ENTRE FLAMENGO E VASCO
– Em Brasileiros

1º – Edmundo – 8 gols (Vasco)
2º – Roberto Dinamite – 7 gols (Vasco)
3º – Zico – 5 gols (Flamengo)
4º – Romário – 4 gols (Vasco)
Bebeto – 4 gols (2 pelo Vasco e 2 pelo Flamengo)
6º – Ramon – 3 gols (Vasco)
Petkovic – 3 gols (2 pelo Flamengo e 1 pelo Vasco)

Lance

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here