Home / Amazonas / Na tentativa de justificar construção de muro no porto de sua residência Amazonino diz que vai a justiça pedir reparação

Na tentativa de justificar construção de muro no porto de sua residência Amazonino diz que vai a justiça pedir reparação

O governador Amazonino Mendes voltou, ontem (02), às redes sociais, na tentativa vã, não só para explicar os motivos da construção repentina de um muro – chamado de “muro da vergonha”– no porto de sua propriedade, no igarapé do Tarumã, mas para advertir que ingressou na justiça com pedido de reparação contra os “fake news”, como ele denominou equivocadamente. Uma forma de silenciar a imprensa local?

Visivelmente preocupado, Amazonino tenta passar uma imagem de homem honesto, probo,  construída por ele mesmo, e não pela opinião pública.

“À mulher de César não basta ser honesta, tem de parecer honesta”

Amazonino diz que a obra, executada em caráter emergencial devido a uma desbarrancamento, foi contratada e registrada em cartório. Infelizmente não mostrou qualquer documento que ateste nada a respeito de tal contrato como deveria para se defender. Quando o governador diz que a obra foi assinada o contrato no ano passado, não diz a data porque foi feito após assumir o governo…

Diz ainda que a obra é onerosa e admite que  a empresa contratada realiza obras para o governo do estado.

Fonte Fato Amazônico

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *