Leite: mocinho ou vilão? Saiba quais são as principais verdades e mentiras sobre o consumo de leite e tire suas principais dúvidas sobre o tema.  

 

Crédito da imagem: healthline.com

 

Alguns especialistas defendem que o leite não é um alimento tão saudável quanto se imagina, enquanto outros afirmam que ele é fonte rica em nutrientes e que não deve ser deixado de lado.

 

Com tanta polêmica envolvendo o consumo do leite ficamos em dúvida.

 

Mas afinal, é recomendado ou não tomar leite? Ele é o vilão ou o mocinho quando o assunto é saúde?

 

É sobre isso que falaremos no artigo de hoje, conferindo as verdades e mentiras sobre o consumo de leite.

 

Pronta para saber mais sobre o assunto? Continue sua leitura até o final!

 

Entendendo mais sobre o consumo do leite

 

Para compreender se o leite é o vilão ou o mocinho da saúde, vamos conferir as principais verdades e mentiras relacionadas com o assunto.

 

Verdades sobre o leite:

1.   Os alimentos lácteos podem auxiliar no ganho de peso

Você já ouviu falar que o leite pode ajudar a ganhar peso? Isso é verdade!

Assim como todos os alimentos lácteos, o leite é rico em calorias e gorduras e pode contribuir para o aumento de peso.

De maneira geral, esse ganho de calorias é potencializado quando a pessoa possui uma alimentação desequilibrada e consome leite e derivados em excesso.

Por esse motivo, é importante prezar por uma educação alimentar e optar por versões de leite que tenham menores teor de gordura – deixando os quilinhos extras lá longe!

2.   O leite não é capaz de causar pedras nos rins

Apesar do desenvolvimento de pedras nos rins estar associado com excesso de cálcio, o consumo de leite não é capaz de causar esse problema.

Portanto, não é preciso se preocupar em banir o leite caso a sua preocupação seja desenvolver cálculo ou alguma outra doença renal.

 

3.   Tomar leite pode ajudar no pós-treino

Você sabia que o consumo de leite é muito bem-vindo após um treino?

Graças aos seus nutrientes, o leite mantém o organismo nutrido, hidratado e contribui para a perda de gordura e ganho de massa muscular.

Nesses casos, é ideal optar por uma versão com menor teor de gordura (sobretudo a desnatada), potencializando ainda mais os resultados.

4.   Os derivados do leite devem ser evitados por quem sofre com quadros de acne

Infelizmente, quem sofre com problemas sérios de acne deve evitar o consumo do leite.

Os laticínios são capazes de estimular atividades hormonais, aumentando as inflamações e as produções de sebo – que potencializam a acne.

Assim, tais alimentos podem agir de maneira direta sobre as espinhas, devendo ser evitados.

 

5.   Consumir leite pode ajudar a reduzir o estresse

Não é mentira! O consumo de leite é capaz de relaxar o corpo, acalmar os nervos e deixar os músculos mais tranquilos.

Estudos americanos também mostram que a ingestão de leite pode reduzir os sinais da TPM em mulheres, sendo muito bem-vindo para um período tão conturbado!

 

Mentiras sobre o leite:

1.   Nem todos os leites são seguros para o consumo humano

Muita gente pensa que somente os leites orgânicos são seguros para o consumo humano, mas isso é uma grande mentira!

Tanto os leites normais quanto os orgânicos podem ser seguros para a saúde humana.

A grande diferença é que o leite orgânico acaba sendo mais saudável e puro, trazendo maior apelo ambiental – enquanto o leite normal possui antibióticos e estimulantes, sendo mais industrializado.

Mesmo assim, ambas as versões podem ser consumidas com tranquilidade.

 

2.   Ingerir leite pode causar puberdade precoce

Engana-se quem pensa que o leite pode intervir de maneira negativa sobre a puberdade. Na verdade, ele é muito importante durante essa etapa do desenvolvimento – sendo uma ótima fonte de cálcio para o corpo jovem.

Portanto, o consumo de leite na infância ou na puberdade não deve ser evitado.

 

3.   Pessoas que possuem intolerância à lactose jamais podem consumir os derivados do leite

Considerado um dos mitos mais comuns relacionados com o consumo de leite, a ideia de que pessoas com intolerância à lactose não podem consumir laticínios não é 100% verdade.

 

Na realidade, tudo irá depender de cada caso e do nível de intolerância de cada pessoa.

Algumas pessoas podem consumir os derivados em pequenas quantidades, enquanto outras não podem.

Portanto, é muito importante seguir todas as recomendações do médico ou nutricionista que acompanha o caso, evitando problemas e garantindo qualidade de vida e bem-estar.

 

4.   Consumir leite não faz bem para a saúde

Como existem algumas contraindicações relacionadas com o consumo do leite, é normal que alguns pensem que sua ingestão não é bem-vinda para promover saúde.

Mas não é bem assim que as coisas funcionam!

A não ser que a pessoa apresente algum tipo de alergia ou intolerância, o seu consumo pode trazer benefícios para a saúde – sendo um verdadeiro aliado.

Assim, o leite nem sempre é um vilão, podendo trazer como benefícios:

·        Fonte rica em proteínas e cálcio;

·        Fortalecimento dos ossos e da saúde dentária;

·        Melhora da saúde cardiovascular (e também arterial);

·        Auxilia no crescimento;

·        Ajuda a controlar os níveis de serotonina – considerado o hormônio do humor;

·        Promove fortalecimento muscular;

·        Pode ajudar a prevenir alguns casos de diabetes;

·        Possui potencial de hidratação;

·        E melhora a ingestão de alguns nutrientes, sobretudo minerais e vitaminas.

Com todos esses benefícios, já deu para entender que o leite nem sempre é o vilão da saúde, não é mesmo?

Outros aspectos importantes

Mesmo que muitos especialistas considerem o leite um vilão da saúde, ele é capaz de trazer vários benefícios para todo o corpo.

Caso não possua nenhum tipo de alergia ou contraindicação, não deixe de incluir essa importante fonte de nutrientes em sua dieta – mantendo uma alimentação saudável e equilibrada!

Se tiver dúvidas, não deixe de procurar um nutricionista ou comentar sobre o assunto com seu médico de confiança. Mas fique tranquilo, o consumo de leite é totalmente seguro e bem-vindo para a espécie humana – a não ser que hajam contraindicações pessoais, claro!

Gostou do conteúdo de hoje sobre benefícios e malefícios do leite? Comente logo abaixo suas dúvidas – estamos prontos para atendê-la!

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here