JUIZ ELEITORAL DE CANUTAMA VISITA LOCAIS DE VOTAÇÃO NAS VICINAIS PRÓXIMO A RONDÔNIA

Esta foi a primeira vez em que um magistrado fez visitas nos locais de votação onde funcionarão as urnas eletrônicas.

A distância da sede do município deve ter sido um dos fatores pelos quais jamais um juiz que presidirá as eleições municipais em Canutama tenha realizado este tipo de inspeção.

Dr. Luís Claudio Cabral Chaves, mais uma vez faz história ao fazer este tipo de fiscalização. O merentíssimo que já foi destaque nacional ao levar a justiça e o cartório eleitoral nas comunidades ribeirinhas da zona rural de Humaitá, aproximando a justiça aos que nunca conseguiam alcançá-la, decidiu visitar enloco os locais onde ficarão as urnas de votação na área sul do município de Canutama.

Acompanhado do representante do cartório eleitoral do município, o juiz encontrou diversas irregularidades, que precisam ser modificadas o mais breve possível.

“Muito mais que verificar as condições dos locais de votação e ouvir as demandas dos eleitores em relação ao TRE-AM, tais como alistamento eleitoral e transferência de títulos o que só poderá ser feito após as eleições, minha presença tem sentido simbólico pois demonstra a presença da Justiça Eleitoral numa região historicamente condenada ao abandono e isolamento.

Visamos num primeiro momento assegurar a liberdade do voto e a segurança dos eleitores trabalhando para que a eleição transcorra num clima de liberdade e democracia”. Declarou o juiz.

Nossa equipe de reportagem acompanhou a visita do magistrado para observar os problemas que poderiam ser detectados nesta inspeção inédita do eleitoral de Canutama.

Outro importante fator a ser observado é que, pelo menos mil famílias precisam regularizar seus domínios eleitoral, para que, política públicas possam chegar junto com a densidade eleitoral na região.

O juiz deve informar o TRE sobre os problemas encontrados e após as eleições deslocar um mutirão judicial e eleitoral para regularizar a cidadania dos canutamenses que residem nas áreas próximas a Rondônia.

 

BY ACRÍTICA DE HUMAITÁ

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here