Com a extinção do DPVAT ficou as indefinições sobre documentação de veículos

Após extinguir, por meio de uma MP (medida provisória), o seguro obrigatório para veículos, o DPVAT, também conhecido popularmente como o “documento do carro”, o governo federal ainda não sabe quem será responsável por emitir o documento de mais de 65 milhões de veículos licenciados por ano no país a partir de 2020.

O problema é que a seguradora Líder, responsável pela administração do DPVAT, era também encarregada da confecção e distribuição das cédulas verdes utilizadas anualmente pelos Detrans de todo o país para imprimir o Certificado de Registro de Licenciamento de Veículo.

A situação se agrava se considerado que os papéis começariam a ser distribuídos na virada deste ano.

O governo disse que estuda quem será o novo responsável pelo serviço.

Extinção do Dpvat em 2020 é vista como retaliação a presidente do PSL

 

O documento é usado pelos Detrans dos estados que imprime informações sobre o veículo (placa, chassi, cores, modelo), o comprovante de pagamento do DPVAT, o nome do proprietário e também informações de como acionar o seguro obrigatório, em caso de acidente.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here